1 evento ao vivo

Soteldo abre o jogo sobre a carreira: 'Difícil ficar no Santos'

Atacante venezuelano acredita que irá para a Europa depois da Copa América

25 fev 2021
11h17
atualizado às 15h17
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O venezuelano Yeferson Soteldo abriu o jogo sobre sua carreira em entrevista ao site El Estímulo, veículo de seu país natal. O camisa 10 do Santos afirmou que seu futuro no Peixe é incerto devido à dívida do clube com o Huachipato, do Chile repetiu o desejo de jogar na Europa e cravou que o feito deve acontecer ainda neste ano.

Soteldo revelou nãoter dormido na véspera da final da Libertadores (Foto:Divulgação/Santos FC)
Soteldo revelou nãoter dormido na véspera da final da Libertadores (Foto:Divulgação/Santos FC)
Foto: Lance!

- Eu vejo que é difícil continuar no Santos porque ainda há uma dívida pelo passe para o Huachipato e, como é difícil de pagar, procuram outra equipe para saldar essa dívida. O meu sonho é saltar para uma equipe importante na Europa e tenho a certeza que este ano isso vai acontecer. Depois da Copa América, com certeza - afirmou o meia.

Ainda em outubro do ano passado, o jogador recusou a proposta do Al-Hilal para atuar na Arábia Saudita. A proposta girava em torno de US$ 7 milhões (cerca de R$ 40 milhões). Na época, o ex-presidente Orlando Rollo chegou a aceitar a proposta alegando que a venda era necessária para que o Santos pudesse cumprir com seus compromissos. Na entrevista, Soteldo reforçou mais uma vez sobre a vontade de atuar por algum clube europeu.

- O dinheiro disponível foi impressionante. Eu poderia ter resolvido o resto da minha vida, ter minha vida feita, mas não tenho essa mentalidade. Meu objetivo é continuar crescendo e jogar por um grande na Europa - reforçou.

O jogador chegou ao Santos a pedido de Jorge Sampaoli na temporada de 2019 e foi o grande destaque no ataque naquela temporada. Após a saída do Peixe, o treinador comandou o Atlético-MG e está de saída para o Olympique de Marseille (França). O venezuelano negou qualquer negociação para o clube francês, mas não escondeu o bom relacionamento com o técnico argentino.

- Não falamos nada disso, mas temos uma relação muito estreita, nós sempre escrevemos um para o outro - respondeu o jogador.

Há dois anos no clube, Soteldo revelou que a ida ao Peixe foi uma das melhores decisões de sua vida. Ele falou que se sente à vontade no time e na cidade, tem uma relação de identificação com o Santos. Ídolo das crianças, o camisa 10 ganhou até almofada com seu rosto estampado.

- Meus filhos já falam português e inglês, minha esposa já ativou seu trabalho aqui. É uma loucura quando eu saio para comer com a minha família, principalmente as crianças, que querem uma foto comigo. É difícil servir a tanta gente, mas me lembro de quando era criança e queria a foto de um jogador de futebol e negaram. Eu disse que nunca ia fazer isso, então sempre os trato com carinho - comentou o atleta.

Peça-chave na equipe titular do Alvinegro, Soteldo marcou o milésimo gol santista em Campeonatos Brasileiros. O atacante teve uma temporada de sucesso em 2019 e, na atual, foi finalista do Rei da América e é vice-campeão da Copa Libertadores pelo Santos. Soteldo também falou sobre frustação da final contra o Palmeiras.

- Foi muito forte para mim. Por tudo, por causa da maneira como perdemos, porque a ansiedade não me deixou fazer o que sei fazer. Não houve mérito para o Palmeiras em me controlar: não deu em nada, nem para mim nem para o time que faz um jogo tão feliz (...) Os dias anteriores foram uma loucura. Os fãs estavam loucos, a expectativa era enorme. Desliguei meu celular no dia anterior porque tinha quase 400 mensagens. Não consegui dormir no dia anterior. Perder me atingiu muito. Sou muito jovem e não perco a minha última final. Tudo isso é minha experiência e até uma derrota me dá um ganho - concluiu o jogador santista.

Veja também:

Confira imagens do projeto da Nova Vila Belmiro
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade