0

Sonho e pesadelo de Sidão: do auge no Botafogo às falhas no Vasco

Goleiro chegou contestado ao Cruz-Maltino e errou em seu segundo jogo pelo clube cruz-matino, na derrota para o Santos no Pacaembu por 3 a 0

13 mai 2019
16h56
atualizado às 19h11
  • separator
  • 0
  • comentários

O Rio de Janeiro resume o bom e o ruim da carreira profissional de Sidney Aparecido Ramos da Silva, o famoso Sidão, atual goleiro do Vasco da Gama. Em evidência depois da má atuação diante do Santos, neste domingo, com direito à falha e erros técnicos que culminaram na derrota por 3 a 0, o arqueiro ainda passou por um momento de constrangimento ao receber o prêmio de melhor em campo da emissora detentora dos direitos do Campeonato Brasileira na tv aberta, em votação aberta ao público na internet que acabou ganhando uma conotação de deboche. Há três anos, porém, Sidão viveu seu auge no período em que ficou no Botafogo. Confira a galeria com a ascensão e queda de Sidão.

DESTAQUE NO BOTAFOGO

Sidão durante treinamento no Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
Sidão durante treinamento no Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
Foto: Lance!

No Botafogo, Sidão foi importante na conquista da vaga à Libertadores de 2017 (Foto: Divulgação/Botafogo)

Por ironia do destino, Sidão chegou ao Botafogo em 2016 devido à lesão no tríceps do braço esquerdo de Jefferson. À época, disputava posição com Helton Leite. Não tardou até virar titular. Durante o Brasileirão, Sidão destacou-se com belas defesas e dois pênaltis defendidos. Recebeu por três vezes o "prêmio" "Monstro da Rodada", dado ao melhor jogador de uma rodada pelo jogo "Cartola FC".

INÍCIO FULMINANTE NO SÃO PAULO

Pelo São Paulo, estreou com o pé direito, com direito a elogios de Rogério Ceni (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)

Sidão foi oficializado no São Paulo no final de 2016. O Tricolor Paulista pagou R$ 500 mil e cedeu atletas ao Audax, antigo dono dos direitos econômicos. Sidão foi um pedido de Rogério Ceni, que pretendia estimular uma disputa entre os goleiros do elenco (além de Sidão, Denis e Renan Ribeiro). Em sua estreia, na Flórida Cup, diante do River Plate, defendeu duas cobranças de pênaltis, fato que voltaria a ser repetir na final contra o Corinthians, que terminou com o título do São Paulo.

AS PRIMEIRAS FALHAS NO TRICOLOR PAULISTA

No Campeonato Paulista de 2017, Sidão acumulou falhas e foi contestado por conselheiros Rubens Chiri/saopaulofc.net

O inferno astral começou no Campeonato Paulista de 2017. Contra Ponte Preta e Santos, o goleiro teve atuações criticadas e admitiu os gols que sofreu, respectivamente, de Matheus Jesus e Copete. Foi escanteado definitivamente ao banco de reservas e ainda foi pauta de reuniões de um grupo significativo de conselheiros, que não queriam mais Sidão no elenco, pelas constantes falhas e a ineficiência com a bola nos pés.

ROTEIRO SEMELHANTE NO GOIÁS

Após erro decisivo no confronto contra o CRB pela Copa do Brasil, Sidão caiu em descrédito no Goiás Reprodução/Instagram

Sidão chegou ao Goiás no início de 2019, mas também acumulou falhas. A mais criticada foi no duelo da terceira fase da Copa do Brasil contra o CRB. Ele soltou uma cobrança de escanteio nos pés de Wellington Carvalho, que só teve o trabalho de empurrar ao fundo da rede. O Goiás chegou a empatar a partida, mas, nos pênaltis, foi eliminado por 3 a 2.

POLÊMICA EM COLETIVA

Após coletiva, Sidão foi escanteado no Goiás (Foto: Divulgação/Goiás)

Depois de uma vitória contra a Aparecidense por 3 a 1 pelo Campeonato Goiano, uma declaração do goleiro à "Rádio Bandeirantes" de Goiânia deu o que falar. Isso porque Sidão declarou que teve "receio de acertar com o Goiás porque sonha em jogar em clubes de grande expressão". Mais: ainda afirmou que sair do São Paulo para o Esmeraldino foi encarado como uma "descida" na carreira. Um dia depois, Sidão se retratou, mas de nada adiantou: afastado, não voltou a atuar mais pelo Goiás.

CONTRATAÇÃO CONTESTADA NO VASCO

Sidão chegou ao Vasco em meio à críticas (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Depois de não ser relacionado para a estreia do Goiás no Brasileirão contra o Fluminense, Sidão acertou o empréstimo até dezembro com o Vasco. A contratação foi altamente contestada pelos torcedores, que publicaram muitas mensagens contra o goleiro e a diretoria do Vasco nas redes sociais.

FALHA CONTRA O SANTOS

Sidão falhou no primeiro gol do Santos contra o Vasco (Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena)

Pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco encarou o Santos no Pacaembu e foi atrapalhado. Não bastasse isso, Sidão ainda falhou de forma determinante no primeiro gol, ao sair jogando errado. A bola caiu nos pés de Pituca, que encobriu o goleiro. Ao longo do jogo, ainda errou em outros lances, que não resultaram em gols. Depois do jogo, foi eleito o melhor jogador em campo pelos internautas da "TV Globo", após uma brincadeira que começou nas redes sociais. O momento, polêmico, rendeu várias mensagens de apoio

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade