0

Solução em Xerém ou nos reservas? Fluminense busca alternativas para voltar a fazer gols

Tricolor tem alguns jogadores de frente se destacando em partidas do Sub-20 e do Sub-23, mas analisa as opções que já treinam com o elenco para voltar a vencer

17 nov 2020
07h01
atualizado às 07h01
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Não são só os dois jogos sem vencer - e com atuações ruins - que preocupam o Fluminense. Além da derrota no Allianz Parque, o Tricolor também saiu lamentando a perda do atacante Fred, vetado com torção no tornozelo direito. O possível desfalque abre uma vaga na referência do ataque de Odair Hellmann, disputada por alguns atletas do plantel principal, como Felippe Cardoso, Lucca, Marcos Paulo e Luiz Henrique. No entanto, o problema tem ido além apenas de marcar os gols, já que o Flu tem tido dificuldades na criação como um todo. Como o elenco provavelmente está fechado, a solução pode ser buscar novamente nomes na base. O LANCE! mostra algumas alternativas que tem ido bem.

Odair Hellmann busca alternativas para o confronto com o Internacional (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)
Odair Hellmann busca alternativas para o confronto com o Internacional (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)
Foto: Lance!

Vale destacar que Fred ainda fará exames para saber a gravidade do trauma no tornozelo. O Fluminense folgou nesta segunda-feira e retorna ao CT Carlos Castilho nesta terça para começar a preparação para o duelo contra o Internacional, no domingo. O próprio camisa 9 publicou uma imagem nas redes sociais mostrando grande inchaço no local.

Vice-artilheiro do Fluminense Sub-20 ano passado, perdendo apenas para Evanilson, Samuel tem cinco gols em 15 jogos em 2020. Quatro deles foram no Brasileirão sub-20 e um no sub-23. Aos 20 anos, ele é centroavante. Quem também tem ido bem nos últimos jogos é Matheus Pato, este já mais velho, com 25 anos. O jogador rodou por empréstimos e nunca se firmou no Flu, mas agora tenta conquistar mais espaço atuando no time de Aspirantes. Ele marcou quatro gols em oito partidas.

Um dos nomes de maior destaque atualmente é John Kennedy. O garoto de 18 anos já foi até sondado pelo Benfica, de Portugal, e renovou o contrato recentemente até 2024. No ano, são nove gols marcados, dois na Copinha, um no Carioca Sub-20, quatro no Brasileiro Sub-20 e dois no Sub-23. Outro com a mesma idade e também com vínculo renovado é Miguel Vinicius, com cinco gols neste ano, sendo um no Sub-23 e quatro no Sub-20.

No setor da criação, o elenco principal pode contar com Martinelli, que foi para o banco de Odair apenas uma vez apesar de treinar com o grupo desde o retorno das atividades. Motorzinho do sub-20 em 2019, o meia é um jogador com qualidade no passe e chegada. Aos 19 anos, ele tem atuado pelo sub-20 e pelo sub-23, onde tem sido titular.

NO TIME PRINCIPAL

Cabe destacar que o Fluminense conta com um elenco com muitos jogadores jovens e muitos acima dos 29 anos. Ou seja, ou com pouca experiência ou com uma idade acima do ideal. Portanto, subir um atleta da base neste momento demandaria um trabalho feito com vários dos que subiram ao longo da temporada para não "queimar" essas promessas. Pensando nisso e em um contexto de entrosamento, Odair tem algumas alternativas no elenco atual.

O primeiro e que tem sido a primeira opção é Felippe Cardoso. Esforçado, mas com limitações técnicas, ele chegou a ficar fora dos planos da comissão técnica, mas ganhou chances com a venda de Evanilson. O atacante tem dois gols em 2020. Quem chegou para reforçar justamente nesse setor carente foi Lucca, que não é centroavante de origem, mas já jogou como 9. Ele teve apenas 48 minutos em campo até o momento.

Falando em jovens, dois já foram usados por Odair como centroavantes, mas não chegaram a render boas atuações. Marcos Paulo é um dos que mais foi deslocado nesta função, que fazia em Xerém. Entretanto, ainda não conseguiu ter um número consistentes de boas atuações. Por fim, Luiz Henrique, que vem entrando no segundo tempo após ser titular. Ele tem uma característica parecida com Evanilson por conta da velocidade e do bom posicionamento, mas não balançou a rede nesta posição.

Com relação ao setor de criação, não há desfalques por enquanto. Inclusive, Yago Felipe deve retornar já na próxima rodada ao time após cumprir isolamento pela Covid-19. No entanto, como Michel Araújo não se adaptou à função nos últimos jogos, Odair tem no banco Paulo Henrique Ganso, que tem feito um ano irregular, e Miguel.

O jovem é uma das grandes dúvidas na cabeça do torcedor. Ele não entra em campo desde a derrota para o Sport por 1 a 0, em 20 de setembro, quanto teve 16 minutos para jogar. Nas partidas anteriores a esta, teve 31 minutos contra o Atlético-GO, na Copa do Brasil, 12 contra o Grêmio na estreia do Brasileiro em agosto e um minuto contra o Flamengo na decisão do Carioca. O jovem de 17 anos foi titular apenas quatro vezes e completou os 90 minutos em uma oportunidade.

Veja também:

Lembre os jogos que o São Paulo está sem perder no Brasileirão
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade