0

Sem máscara do Fluminense, sem entrevista: Delegado tricolor da PF explica viral ao L!

Paulo Cassiano explica acontecimento inusitado, que gerou até comentário do atacante Fred. Ele conta que só falaria sobre as eleições se fosse com adereço do Fluzão

14 nov 2020
11h41
atualizado às 12h51
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Paulo Cassiano é apaixonado pelo Fluminense e não deixou de exibir sua máscara tricolor na hora de aparecer na TV (Reprodução/Globo)
Paulo Cassiano é apaixonado pelo Fluminense e não deixou de exibir sua máscara tricolor na hora de aparecer na TV (Reprodução/Globo)
Foto: Lance!

O delegado da Polícia Federal Paulo Cassiano viralizou entre os torcedores do Fluminense, nesta semana, após passar por uma situação inusitada com sua máscara do Tricolor. No último dia 10, o representante federal estava para participar de uma entrevista sobre irregularidades em eleições, quando recebeu um pedido de um jornalista para que usasse um adereço mais neutro. Contudo, o delegado foi irredutível: a máscara do Fluzão ou nada de entrevista.

Uma postagem de Paulo falando sobre o ocorrido acabou sendo compartilhada por diversos internautas apaixonados pelo Tricolor, que o elogiaram pela vontade de expressar seu amor pelo clube carioca. Ao LANCE!, o delegado em Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, revelou que recebeu diversas mensagens de amigos e torcedores adversários, além de ter confessado que "é consumidor fervoroso" dos produtos do time de Laranjeiras.

- A repercussão foi enorme! Recebi mensagens de muitos amigos e de torcedores de todo o país. Meu número de seguidores no Twitter multiplicou por nove em poucas horas. Fiquei bastante surpreso, pois considero a minha reação absolutamente natural.

Atacante Fred comentou post que viralizou (Reprodução/ Instagram)
Atacante Fred comentou post que viralizou (Reprodução/ Instagram)
Foto: Lance!

Paulo contou que foi convidado para participar de uma entrevista para uma TV local e explicar irregularidades de eleitores e candidatos durante as votações que ocorrerão pelo país no domingo. Após se negar a usar uma máscara "sem estampa", ele fez uma postagem que foi compartilhada com orgulho pelos companheiros tricolores.

A publicação acabou chegando nas mãos do artilheiro Fred, atacante ídolo do elenco de Odair Hellmann. No Instagram, o camisa 9 chegou a pedir que a torcida encontrasse o perfil do delegado, que não possui conta na rede social. Sobre o compartilhamento, Paulo Cassiano Júnior deixou um pedido pelo L! ao craque.

- Isso foi demais, pois tenho grande admiração. O Fred é um grande ídolo do clube, e o engajamento dele com a torcida só reforça essa condição. Quem sabe ele não dá um autógrafo na máscara, para a próxima entrevista (risos)?

Paulo e seu acervo do Tricolor (Arquivo pessoal)
Paulo e seu acervo do Tricolor (Arquivo pessoal)
Foto: Lance!

Há 18 anos atuando como representante federal, Paulo é um tricolor daqueles de viaja para acompanhar as partidas do clube, membro do Conselho Deliberativo do Fluminense e figura constante nas partidas no Maracanã. No entanto, a pandemia afastou o torcedor do estádio. Então, a solução encontrada para manter a proximidade com o Time de Guerreiros foi colocar no adereço contra a Covid-19 no rosto.

- Estava dando uma entrevista sobre o trabalho da Polícia Federal para as

eleições. Um jornalista de TV me disse que precisava fazer a minha

imagem com uma máscara "sem estampa", pois era norma da emissora.

Eu disse que só usava máscara do Fluminense e que não providenciaria

outra. Mesmo insatisfeito, ele aceitou, pois era a única maneira de a

entrevista acontecer - disse ele ao explicar a cena inesperada.

Uma internauta escreveu pelo Twitter que Paulo teve uma "postura digna de aplausos" e que deveria ser seguida. Outro lembrou que o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, costuma a aparecer publicamente com um adereço do Flamengo no rosto. Embora tenha se recusado de tirar a máscara do Fluminense, ele tentou entender o pedido do jornalista.

- Acho que as emissoras prefiram máscaras "neutras" para evitar que o

telespectador seja distraído em razão de estampas chamativas ou que

algum entrevistado use a máscara para fazer propaganda.

Com uniforme e máscara preparados para vibrar pelo Fluminense, Paulo poderá acompanhar mais uma partida do clube carioca pelo Brasileirão na noite deste sábado, quando Tricolor entra em campo contra o Palmeiras, no Allianz Parque.

*sob supervisão de Fabio Storino

Veja também:

Lembre os jogos que o São Paulo está sem perder no Brasileirão
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade