0

Sem grandes aspirações, Oeste e Figueirense medem forças na Série B

Equipes aparecem no meio da tabela da segunda divisão brasileira; Vila Nova terá reencontro de Léo Ceará com catarinenses e Micale vê calendário 'desumano' para Figueira

2 nov 2018
06h02
  • separator
  • comentários

Nesta sexta-feira, Oeste e Figueirense entram em campo em duelo no meio da tabela da Série B do Brasileiro: os paulistas ocupam a 13ª posição da tabela com 43 pontos, enquanto os catarinenses aparecem em 11º com 44. A partida será na Arena Barueri, em São Paulo, a partir das 20h30.

Noite de reencontros para Léo Ceará no Oeste
Revelado ao futebol pelo Figueirense, Léo Ceará fará seu reencontro com o clube catarinense nesta sexta-feira. Hoje vestindo a camisa do Oeste, o jovem de 19 anos marcou seu primeiro gol com o Rubrão na última rodada, no empate com o Guarani.

- Acho que nesta reta final, posso mostrar ainda mais valor dentro do grupo. Só depende de mim para jogar sempre e ajudar meus companheiros. Tenho que me dedicar nos treinos e sempre trabalhar. Sou formado no Figueirense e isso me motiva ainda mais para poder ter uma boa atuação. Vai ser um duelo difícil, mas temos que entrar concentrados pra fazer um grande jogo - disse.

Provável escalação do Oeste: Tadeu; Adriano Alves, Patrick, Joilson e Conrado; Lídio, Betinho; Marciel, Mazinho, Pedrinho e Marcinho.

Apresentação - Oeste x Figueirense - Série B
Apresentação - Oeste x Figueirense - Série B
Foto: Lance!

Léo Ceará irá reencontrar o Figueirense (Foto: Jefferson Vieira/Oeste FC)

Rogério Micale vê reta final 'desumana' para Figueirense
Ainda resta um ponto para que o Figueirense atinja os 45 e se livre matematicamente do rebaixamento. E se restam cinco jogos para somar o necessário, um detalhe traz dores de cabeça ao técnico Rogério Micale: a sequência apertada de jogos.

Em um intervalo de apenas dez dias, que começará nesta sexta-feira, o clube catarinense irá disputar quatro partidas da Série B. Na opinião de Micale, a CBF merece ser alvo de duras críticas. Ele vê o calendário como prejudicial a todos os clubes do país.

- É alucinante e desumano em fim de temporada. Eu não entendo, sinceramente, como consegue ter uma tabela assim. É humanamente impossível. A chance de lesão é grande, de cartões. Ainda mais no momento que um clube está brigando na parte de cima ou debaixo e todo jogador é importante. Você corre um risco por um calendário tão apertado como esse. Não tem como ver alguma racionalidade nisso. Eu estive na CBF, trabalhei lá por dois anos e questionava isso, as datas Fifa, calendários. Algo assim a gente precisa rever, senão nosso futebol está cada dia mais pobre- disse.

Provável escalação do Figueirense: Denis; Matheus Sales, Nogueira, Eduardo e João Paulo; Zé Antônio, Betinho, Felipe Amorim, Renan Mota e Gustavo Ferrareis; Elton.

Rogério Micale é treinador do Figueirense (Foto: Divulgação/Figueirense FC)

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade