0

Sem estrelas, Di María brilha e PSG atropela o Real Madrid

Mesmo sem contar com Neymar, Cavani e Mbappé, Paris Saint-Germain não deu chances ao time espanhol

18 set 2019
17h57
atualizado às 18h26
  • separator
  • 0
  • comentários

Em casa, o Paris Saint-Germain finalmente mostrou as cartas para ser um candidato ao título da Liga dos Campeões. Nesta quarta, o PSG não deu chances ao Real Madrid, mesmo sem suas principais estrelas, e passeou no Parc des Princes com uma vitória indiscutível por 3 a 0, em um show de Angel Di Maria, autor de dois gols. Meunier completou o placar.

AFP
AFP
Foto: LANCE!

LEI DO EX

Coube a Di Maria, jogador do Real Madrid entre 2010 e 2014, abrir o placar da partida no Parc des Princes. Aos 14 minutos, em jogada pela ponta esquerda de ataque, o argentino recebeu dentro da área, dominou e soltou um petardo entre a trave e Courtois, que não conseguiu defender e viu a bola estufar as redes.

PINTURA!

Após abrir o placar, o PSG quase levou o empate em cobrança de falta de Bale, mas foi novamente Di María que mexeu no placar de jogo. Na marca de 33 minutos, o argentino novamente chamou a responsabilidade e com um belo chute da entrada da área marcou o segundo do PSG.

QUER UMA MÃOZINHA?

Logo nos instantes seguintes ao golaço de Di María, o Real Madrid não ficou atrás e logo descontou com um lindo gol de Gareth Bale, que tocou por cobertura e deixou Navas sem reação. No entanto, com auxílio do VAR, o árbitro viu toque de mão do atacante do Real e anulou o gol merengue.

NA PRESSÃO

O Real Madrid não desistiu de buscar o resultado e continuou indo ao ataque para tentar diminuir o prejuízo, mas Benzema, autor das melhores chances, não aproveitou para balançar as redes, e quando balançou, estava em impedimento.

VIROU PASSEIO

Já com a defesa merengue completamente exposta e sem forças para reagir, o PSG aproveitou para dar o último golpe no maior campeão europeu nos acréscimos. Meunier aproveitou presente de Bernat e precisou apenas empurrar para as redes para sacramentar a noite mágica da equipe no Parc des Princes.

Brugge e Galatasaray não saem do empate

Também pelo Grupo A, Brugge e Galatasaray empataram em 0 a 0. Os belgas fizeram uma boa partida e criaram mais oportunidades, principalmente no primeiro tempo. O clube turco, porém, equilibrou na segunda etapa e pressionou nos minutos finais, mas ambas as equipes não conseguiram fazer gols.

Brugge e Galatasaray não saíram do zero (Foto: Reprodução)
Brugge e Galatasaray não saíram do zero (Foto: Reprodução)
Foto: LANCE!

SUPERIORIDADE

O Brugge jogou melhor no primeiro tempo e teve as melhores oportunidades. O Galatasaray mostrou algumas fraquezas no setor defensivo, enquanto os mandantes tinham mais domínio no meio de campo. Isso fez com que o clube turco tivesse dificuldade em fazer a conexão do meio com o ataque. Falcao Garcia recebeu poucas bolas na primeira etapa.

OPORTUNIDADES

A chance mais clara do primeiro tempo foi com Dennis. O atacante recebeu belo cruzamento e, próximo da pequena área e sem goleiro, cabeceou por cima da trave. Mitrovic e Ricca também tiveram boas oportunidades, mas não aproveitaram. O Galatasaray respondeu com Babel, mas Mignolet fez grande defesa.

RITMO BOM

No segundo tempo, o Brugge manteve o ritmo de jogo e continuou pressionando. O Galatasaray ficou atrás, buscando o contra-ataque, mas sem muita eficiência. Na melhor chance, Mariano evitou, em cima da linha, o que seria o gol dos mandantes.

PRESSÃO

O Galatasaray respondeu com Feghouli, que acertou o travessão. Os turcos passaram a crescer no jogo e a responderem as ofensivas do Brugge, passando a equilibrar a partida. Nos minutos finais, o Galatasaray passou a dominar o ataque, mas não conseguiu fazer o gol.

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade