1 evento ao vivo

Sem Cacá, Thiago Neves, Abel terá de 'quebrar' a cabeça para montar o Cruzeiro contra o Flu

O técnico da Raposa vai ter o retorno de Henrique, mas três setores preocupam para escalar os titulares em outra decisão : a zaga, o meio de campo e a lateral-direita

7 out 2019
16h41
  • separator
  • 0
  • comentários

O Cruzeiro mal absorveu o empate contra o Internacional, sábado, 5 e outubro, no Mineirão, por 1 a 1, pelo Brasileiro, que já tem outra decisão pela frente: o encontro com o Fluminense, quarta-feira, 9, às 21h30, também no Gigante da Pampulha.

Abel terá de "quebrar" a cabeça para montar o Cruzeiro diante do Fluminense- (Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Abel terá de "quebrar" a cabeça para montar o Cruzeiro diante do Fluminense- (Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Foto: Lance!

A partida diante do Tricolor Carioca será um confronto direto entre equipes que lutam contra o rebaixamento. E, o técnico Abel Braga já mais problemas, pois não terá à disposição o zagueiro Cacá e o meia Thiago Neves, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

O que mais preocupa o treinador é na zaga, pois o Cruzeiro não sabe se poderá contar com Dedé, que sente dores no joelho direito, sendo inclusive poupado do jogo contra o Colorado. Com Léo ainda se recuperando de um problema na clavícula, a opção de Abel seria colocar o jovem Edu, oriundo da base estrelada.
O terceiro setor que vai dar dor de cabeça ao treinador da Raposa será a lateral-direita, pois Orejuela está com a seleção colombiana em amistosos contra Chile e Argélia esta semana. Mesmo em má forma física e técnica Edílson, especialista na posição poderá ser escalado pelo técnico cruzeirense.

Todavia, Abel terá o retorno do capitão Henrique, que cumpriu suspensão diante do Inter, e poderá reassumir sua função de "cão de guarda" da zaga celeste no meio de campo.

Outra possível boa notícia é a chance de Pedro Rocha volta a ficar À disposição do time para encarar o Tricolor. O atacante não atuou nas duas últimas partidas do Cruzeiro, diante do Goiás e do Internacional, por causa de pancada no tornozelo esquerdo, sofrida no embate com o Ceará, no Castelão.

O meia Rodriguinho, recuperado de cirurgia na região lombar pode pelo menos ficar no banco de reservas nesta quarta-feira e tentar a ajudar o time a buscar uma vitória, para enfim, iniciar a tão sonhada reação da equipe no Brasileiro.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade