Logo do

Santos

Meu time

São Paulo goleia o Santos no Morumbi em campo com poças

Jogo foi prejudicado pelas poças d'água, principalmente no primeiro tempo. Sara, Luan Peres contra, Pablo, de cobertura, e Tchê Tchê marcaram os gols do Tricolor na partida

6 mar 2021
21h07 atualizado às 21h25
0comentários
21h07 atualizado às 21h25
Publicidade

O São Paulo goleou o Santos por 4 a 0, no Morumbi, pela terceira rodada do Paulistão. A partida que ficou marcada pelas poças d'água no primeiro tempo, teve seus melhores momentos na segunda etapa. O São Paulo dominou e marcou com Gabriel Sara, Luan Peres, contra, Pablo, de cobertura e Tchê Tchê fizeram os gols.

São Paulo goleou o Santos no Morumbi (Foto: Divulgação Twitter Santos)
São Paulo goleou o Santos no Morumbi (Foto: Divulgação Twitter Santos)
Foto: LANCE!

Com a vitória, o Tricolor fica na liderança momentânea do Grupo B, com sete pontos. Já o Santos é o terceiro do Grupo D, com dois pontos conquistados. As equipes voltam a campo pelo Paulistão no fim de semana. O São Paulo enfrenta o Novorizontino, sábado (13), às 16h30, enquanto o Santos pega o Ituano, também no sábado, às 19h, na Vila Belmiro.

Em campo com várias poças, água atrapalha as duas equipes

Uma forte chuva caiu no Morumbi no final da tarde deste sábado. Com o campo prejudicado e com muitas poças da água, as duas equipes buscavam a bola aérea a todo momento. O Santos até apostou na entrada do atacante Bruno Marques, de 1,94m para tentar surpreender.

E foi justamente a água que atrapalhou em dois lances de ataque, um para cada lado. Aos nove minutos, Soteldo conseguiu o desarme em Arboleda dentro da área, mas a poça salvou o zagueiro são-paulino. A bola parou no gramado e ficou com o goleiro Tiago Volpi. Já aos 16, foi a vez do São Paulo ser 'prejudicado'. Pablo fez boa jogada pela direita, invadiu a área e, na hora do chute, foi travado pela poça d'água.

Jogo fica truncado e Soteldo assusta o São Paulo

Com dificuldades na troca de passes, tanto São Paulo quanto Santos mais destruíam as jogadas do que faziam construções ofensivas. Com isso, o jogo ficou truncado, com muitas faltas de ambos os times. Na primeira etapa, foram 14 faltas do Tricolor, contra dez do Peixe.

O Santos que assustou aos 26 minutos, novamente com Soteldo. O camisa dez fez jogada individual, invadiu a área e chutou na rede pelo lado de fora. O Tricolor só foi assustar aos 40 minutos. Daniel Alves cobrou escanteio na primeira trave, a zaga do Santos tirou e Rodrigo Nestor foi travado no chute de fora da área.

 

Segundo tempo começa e São Paulo abre o placar

Com a volta do intervalo, Crespo tirou o zagueiro Arboleda e colocou o atacante Rojas, buscando dar mais velocidade ao time. O campo continuou encharcado e o Tricolor usou a bola aérea para abrir o placar. Aos quatro, Daniel Alves cobrou escanteio na marca do pênalti, Sara saiu da marcação e cabeceou firme para abrir o placar.

Com o placar aberto, o São Paulo se animou e quase ampliou com Rojas. Dois minutos depois, o equatoriano recebeu na direita, driblou o marcador, invadiu a área e chutou forte. A bola subiu e foi pela linha de fundo.

Tricolor volta a assustar com Gabriel Sara

O São Paulo não saiu do campo de ataque e continuava a assustar a defesa santista. Com 16 minutos, Gabriel Sara fez uma boa jogada pela esquerda, cruzou rasteiro para dentro da área, mas Luciano não conseguiu alcançar a bola para finalizar, perdendo boa chance.

Aos 21, o meia tentou novamente a mesma jogada. Foi à linha de fundo, cruzou rasteiro, mas desta vez a zaga do Santos tirou o perigo.

John salva o Santos de levar o segundo gol

O segundo tempo corria e o São Paulo dominava as ações. Com isso, o Tricolor quase chegou ao segundo gol, com 23 minutos. Léo recebeu cruzamento na pequena área em cruzamento de Pablo, mas furou o chute com a perna esquerda e a bola bateu na perna direita. John fez grande defesa.

Com direito a golaço de cobertura, São Paulo faz dois em três minutos

O São Paulo mandava no jogo e conseguiu fazer dois gols em três minutos. Com 27 minutos, Luciano fez jogada individual, levou a bola para a esquerda e chutou cruzado. A bola desviou em Luan Peres e entrou no gol, ampliando o marcados para a equipe de Crespo.

Três minutos depois, aos 30, Pablo marcou um golaço. O atacante recebeu lançamento de Igor Vinicius, percebe o goleiro John adiantado e chutou por cobertura para ampliar e transformar a vitória em goleada. Para 'fechar o caixão' santista, Tchê Tchê marcou o quatro gol tricolor, em um belo chute de perna esquerda que entrou no ângulo do goleiro John.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 4 X 0 SANTOS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Data/Horário: 6 de março de 2021 (sábado), às 19h (de Brasília)

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira

Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa, Alex Ang Ribeiro e Ilbert Estevam da Silva

VAR: Jose Claudio Rocha Filho

Gols: (1-0) Gabriel Sara, aos 04'02ºT, (2-0) Luan Peres (contra), aos 27'2ºT), (3-0) Pablo, aos 30'2ºT, (4-0) Tchê Tchê, aos 41'2ºT

Cartões amarelos: Pablo (São Paulo)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Léo, Arboleda (Rojas, Intervalo) e Bruno Alves; Igor Vinícius, Rodrigo Nestor (Luan, aos 12'2ºT), Daniel Alves, Gabriel Sara (Bruno Rodrigues, aos 44'2ºT) e Reinaldo; Luciano (Tchê Tchê, aos 34'2ºT) e Pablo (Toró, aos 42'2ºT).

Técnico: Hernán Crespo

SANTOS: John; Sandro, Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonathan; Alison, Sandry e Jean Mota (Gabriel Pirani, aos 17'2ºT); Lucas Braga, Soteldo e Bruno Marques (Marcos Leonardo, aos 17'2ºT).

Técnico: Ariel Holan

Lance!
Publicidade
Publicidade