2 eventos ao vivo

São Paulo chega a um acordo com o River Plate e vende Pratto

Jogador se despedirá dos novos companheiros nas próximas horas; oferta do clube argentino foi de pouco mais de R$ 42,5 milhões

8 jan 2018
14h56
atualizado às 15h27
  • separator
  • 0
  • comentários

O São Paulo sacramentou a venda de Lucas Pratto para o River Plate por pouco mais de 11 milhões de euros (algo em torno de R$ 42,5 milhões). O jogador se despedirá dos companheiros do Tricolor nas próximas horas e anunciar sua ida para o clube de Buenos Aires. Para o desfecho da negociação prevaleceu o desejo do centroavante em ficar mais próximo de sua filha.

Atacante argentino fez 48 jogos pelo São Paulo e marcou 14 gols (Foto: Marcello Fim/Raw Image)
Atacante argentino fez 48 jogos pelo São Paulo e marcou 14 gols (Foto: Marcello Fim/Raw Image)
Foto: Lance!

Pedido especial do técnico Marcelo Gallardo, Pratto retorna para a Argentina após três temporadas no futebol brasileiro. Além da proximidade com a família, o centroavante vê a possibilidade de jogar a Copa Libertadores como a última chance para convencer o técnico Jorge Sampaoli a fazer parte do grupo que disputará a Copa do Mundo deste ano, na Rússia. 

Segundo pessoas próximas ao jogador, Pratto dará seu adeus aos companheiros do São Paulo nas próximas horas e viajar para a Argentina amanhã cedo. O jogador fará exames médicos e assinará contrato com o River Plate. Na sequência, embarca para Miami, nos Estados Unidos, onde o elenco realiza a pré-temporada. 

O interesse do River Plate em Pratto era conhecido pelos diretores do São Paulo desde o fim do Brasileirão do ano passado. O clube portenho fez algumas sondagens e ofertou um valor abaixo da multa estipulada no contrato do atleta. O Tricolor do Morumbi, no entanto, fez jogo duro e apenas liberou o jogador quando os Milionários aceitaram pagar os 11 milhões de euros previstos no contrato.

Os direitos federativos do centroavante estavam divididos da seguinte maneira: 50% pertencentes ao São Paulo, 45% ao Atlético-MG e os 5% restantes estavam sob posse da Supermercados BH, parceira do Galo. No ano passado, o Tricolor pagou pouco mais de R$ 20 milhões para tirar Pratto de Minas Gerais.

 

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade