2 eventos ao vivo

São Paulo empata com Vasco e perde chance de ser líder

São Paulo recebeu os cariocas nesta tarde, pela 22ª rodada, começou perdendo e conseguiu o empate; time é o terceiro colocado, com 37 pontos

22 nov 2020
18h06
atualizado às 18h49
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O São Paulo recebeu o Vasco neste domingo, no Morumbi, e apesar de tentar, saiu atrás do placar e apenas empatou por 1 a 1, em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com esse resultado, a equipe comandada por Fernando Diniz perdeu a oportunidade de chegar até mesmo à liderança da competição - a equipe tem três jogos a menos.

Os donos da casa aparentavam que dariam trabalho, mas foi do Vasco a abertura do placar após falha na marcação em Germán Cano, que foi sozinho até Volpi e finalizou com categoria. O empate veio aos 33, com Luciano, com falha da zaga vascaína. No segundo tempo, o Tricolor criou, mas o placar continuou o mesmo por conta das defesas de Lucão, goleiro no lugar de Fernando Miguel, diagnosticado com Covid-19.

 São Paulo apenas empata com Vasco e perde chance de encostar na ponta
São Paulo apenas empata com Vasco e perde chance de encostar na ponta
Foto: Diogo Felipe / Estadão Conteúdo

O próximo compromisso do São Paulo, terceiro colocado com 37 pontos, será nesta quarta-feira (25), às 19h, contra o Ceará, fora de casa, em rodada atrasada. Brenner levou o terceiro amarelo e está fora do compromisso.

O Vasco, 16º colocado com 24 pontos, pega o mesmo clube lá na segunda-feira, dia 30, às 18h. Antes disso, porém, o Cruz-Maltino viaja para a Argentina para enfrentar o Defensa y Justicia pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, quinta-feira (26), às 21h30.

>TABELA

Primeiro tempo: um gol para cada lado

A primeira oportunidade da partida foi do São Paulo, em cobrança de falta de Gabriel Sara no canto direito de Lucão, defendido pelo goleiro. O Tricolor seguiu tentando construir mais jogadas, e Luciano tentou chutar aos seis minutos, travado pela zaga. Já a primeira chance do Vasco aconteceu aos 12, com erro na saída de bola e chute de Gustavo Torres, defendido por Volpi.

O jogo alcançou um certo equilíbrio, com ambos os times buscando o gol adversário, mas, aproveitando falha na marcação alta do Tricolor, Cano recebeu no meio de campo, caminhou praticamente sozinho e bateu para o fundo das redes de Volpi, abrindo o marcador no Morumbi. A equipe podia ter aumentado a diferença, mas desperdiçou.

Aos 33, na única ofensiva criada pelo São Paulo após o gol tomado, Luciano deixou tudo igual após uma falha da defesa, mesmo quando o Cruz-Maltino estava melhor em campo.

Segundo tempo: tudo igual

Logo no início da etapa final, os donos da casa foram para cima, com forte chute de Brenner para grande defesa (com os pés) de Lucão. Aos dez, Cano conseguiu dar um lançamento para Pikachu, que tentou o drible e dividiu com Léo. A bola sobrou para Torres, mas Bruno Alves chegou a tempo para tirar.

A partida continuou na mesma toada, mas, aos 16, Lucão foi surpreendido com cruzamento de Luciano e precisou realizar nova defesa. Aos 19, Reinaldo chutou de fora da área e quase virou, não fosse desvio vascaíno. O Tricolor seguiu tentando, mas Lucão, bem posicionado, salvou mais uma vez em chute de Brenner, aos 26.

A partida continuou da mesma forma, com o Cruz-Maltino fechado na defesa, aparentemente cansado, enquanto o Tricolor seguia tentando virar o placar, mas sem conseguir balançar as redes.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 x 1 VASCO

Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)

Data e Horário: 22 de novembro de 2020, às 16h (de Brasília)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil e Éder Alexandre (SC)

VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Cartões amarelos: Jadson, Pikachu, Lucas Santos e Andrey (Vasco); Brenner e Hernanes (São Paulo)

GOLS: VASCO: Cano, aos 18' do 1º/T; SÃO PAULO: Luciano, aos 33' do 1ºT

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran (Tchê Tchê, intervalo), Bruno Alves, Léo (Hernanes, aos 36'/2ºT) e Reinaldo; Luan (Vitor Bueno, intervalo), Gabriel Sara, Daniel Alves e Igor Gomes (Pablo, aos 27'/2ºT); Luciano e Brenner (Tréllez, aos 36'/2ºT). Técnico: Fernando Diniz.

VASCO: Lucão; Miranda, Jadson, Ricardo Graça; Pikachu, Marcos Jr, Léo Gil (Andrey, aos 49'/2ºT), Henrique (Neto Borges, aos 41'/2ºT); Vinícius (Lucas Santos, aos 27'/2ºT), Gustavo Torres (Juninho, aos 41'/2ºT) e Cano (Ygor Catatau, aos 49'/2ºT). Técnico: Ricardo Sá Pinto.

*Sob supervisão de Vinícius Perazzini.

 

Veja também:

Seleção feminina ganha camisas sem estrelas do masculino
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade