0

São Cristóvão denuncia tentativa de manipulação na Segundona Carioca

Jogadores do clube revelam que foram abordados para facilitar a derrota do São Cri-Cri em troca de dinheiro; TJD-RJ investiga o caso e atletas depõem nesta segunda

12 ago 2017
15h39
  • separator
  • comentários

A Segunda Divisão do Campeonato Carioca voltou a ser alvo de investigação por manipulação de resultados. No último mês, o Tribunal de Justiça Deportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) abriu inquérito após uma denúncia da diretoria do São Cristóvão revelar que alguns jogadores foram receberam ofertas no valor de 35 mil reais para facilitarem a derrota do time.

No dia 29 de julho, o São Cristóvão encarou o Americano pelo Estadual, e os jogadores Germano, João Victor e Shalom foram abordados por um homem chamado Juersen Batalha, ligado a empresa M9 Sports. Batalha teria oferecido R$ 35 mil aos atletas para ajudarem o adversário vencer, segundo informações do portal globoesporte.com.

Os jogadores comunicaram ao técnico Hugo Salles o ocorrido, que prontamente avisou o presidente Emmanoel França. A diretoria encaminhou a investigação ao TJD-RJ e também fez denúncia em paralelo à Polícia Federal. Tanto o presidente quanto o treinador e atletas serão ouvidos em depoimento nesta segunda-feira:

- Foi feita uma denúncia de infração pelo presidente do São Cristóvão, e como os fatos são muito graves, a procuradoria pediu a abertura de um inquérito. Foi designado um auditor processante para o inquérito, e agora temos que aguardar a conclusão do inquérito que vai apurar se isso realmente aconteceu. Se existem provas da denúncia para os supostos envolvidos - afirmou Marcelo Jucá, presidente do TJD-RJ.

O São Cristóvão pretende apresentar cópias de conversas por telefone, via aplicativo de mensagens, que mostram os jogadores sendo procurados por Batalha com a proposta financeira e prontamente negando o suborno. O caso também chegou à Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) e o São Cristóvão já pediu que a entidade não rebaixasse o clube na Segundona pois acredita que a denúncia manchou a disputa do campeonato.

Divulgação
Divulgação
Foto: LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade