0

Ruim para os dois: Fla e Flu fazem bom jogo, mas empatam

Clássico carioca foi movimentado, mas gols só saíram em falhas adversárias. Rubro-Negro vê G-4 ainda distante, e Tricolor segue ameaçado pela zona de rebaixamento

12 out 2017
19h05
atualizado às 20h15
  • separator
  • comentários

O empate em 1 a 1 no clássico entre Flamengo e Fluminense fez com que os dois lados saíssem insatisfeitos do Maracanã nesta quinta-feira. Não pela qualidade do espetáculo - os times de Abel e Rueda fizeram um bom jogo -, mas a dupla segue sem convencer no Campeonato Brasileiro.

Sem vencer há três rodadas, o Rubro-Negro chegou aos 40 pontos e vê o G4 mais distante. O Tricolor, por sua vez, completou seis rodadas sem vitórias e é ameaçado pelo Z4 - são 32 pontos conquistados, um a mais que o São Paulo.

Luciano Belford/AGIF
Luciano Belford/AGIF
Foto: LANCE!

O JOGO

Foi o time de Abel Braga quem tomou a iniciativa e teve boas chances de abrir o placar logo no início. A primeira foi com Scarpa, que, com muita liberdade, avançou até a entrada da área e finalizou forte. Com dificuldades, Diego Alves conseguiu espalmar para fora da área.

Logo em seguida, Marcos Junior, uma das novidades de Abel no time titular, invadiu a área pela esquerda após receber de Douglas. O chute foi cruzado e o goleiro rubro-negro fez outra ótima defesa. Tudo isso antes dos cinco minutos de bola rolando.

Após os sustos iniciais, o Flamengo passou a ficar com a bola, mas os erros de passes impediam qualquer grande avanço. Assim como Abel, Rueda fez mudanças no time para o clássico, como a entrada de Rômulo.

Mais vibrante, o Tricolor passou 30 minutos sem ser amaeaçado. O Fla, pouco criativo, só foi criar oportunidades claras nas bolas paradas. Everton Ribeiro, aproveitando a sobra do escanteio, soltou uma bomba, mas lá estava Cavalieri. Depois foi a vez de Réver. O zagueiro superou o goleiro, mas a bola parou na trave.

A etapa final começou em um ritmo mais lento, mas o Fluminense abriu logo o placar em um lance para lá de estranho. Em uma escapada de Henrique Dourado pela esquerda, Pará se antecipou a Gustavo Scarpa e cortou o cruzamento com vontade, mas contra a própria meta - sem chance nenhuma para Diego Alves.

Sob muitas vaias, Rômulo deu lugar a Willian Arão. Sob muitos aplausos, Guerrero entrou no lugar de Rodinei. O peruano quase marcou em seu primeiro lance, mas a cabeçada saiu rente à trave tricolor.

Empurrado por sua torcida, o Flamengo foi para cima do rival. A pressão tornou-se insustentável para o Fluminense, que, mais uma vez em 2017, vacilou na bola aérea. O capitão Réver apareceu sozinho na área e empatou o clássico no Maracanã.

A necessidade da vitória fez com que os dois times se lançassem ao ataque, o que tornou o jogo muito aberto. Fla, com a bola no chão, e Flu, nos contra-ataques, tiveram boas oportunidades, mas o 1 a 1 persistiu no placar.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 1 FLUMINENSE

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 12/10/2017 - 17h
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA-SP)
Auxiliares: Danilo Simon Manis (FIFA-SP) e Miguel Ribeiro da Costa (SP)
Público/renda: -32.747 Pagantes - 38.629 Presentes - R$ 1.240.835,00

Cartões amarelos: Lucas Paquetá e Berrío (FLA) Lucas, Reginaldo, Marcos Junior e Douglas (FLU)
Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Pará (0-1, GC - 8'/2T) e Réver (1-1, 23'/2ºT)

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei (Guerrero, 13'/2ºT), Réver, Juan e Pará; Márcio Araújo (Trauco, 26'/2ºT), Romulo (Willian Arão, 13'/2ºT) e Everton Ribeiro; Berrío, Everton e Lucas Paquetá - T: Reinaldo Rueda.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Lucas, Gum (Nogueira, 43'/1ºT), Reginaldo e Marlon; Richard, Douglas, Sornoza, Gustavo Scarpa (Peu, 35'/2ºT) e Marcos Junior (Romarinho, 17'/2ºT); Henrique Dourado - T: Abel Braga.

Veja também:

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade