0
Logo do Flamengo
Foto: terra

Flamengo

Rueda avalia empate como 'bom' e quer Fla guerreando na Sula

Treinador falou sobre postura da equipe na Arena Condá e também explicou a decisão de usar Diego Alves no time titular ao invés de dar ritmo para os reservas, visando a decisão

13 set 2017
21h54
atualizado às 21h54
  • separator
  • comentários

Após empatar com a Chapecoense no jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira, Reinaldo Rueda falou sobre a postura do Flamengo na Arena Condá e afirmou que em jogos internacionais, é mais importante "guerrear" do que "jogar bonito".

- A partida de Sul-Americana as vezes é para guerrear e não jogar bonito. O Flamengo quer jogar bonito, mas as partidas internacionais são em um nível altíssimo. É o momento de se acostumar ao que é uma competição internacional. Jogaremos bonito, para a arquibancada, quando estiver 6 a 0 no placar. No 0 a 0 temos que guerrear, competir e lutar.

Mesmo com a análise feita, o treinador colombiano avaliou como "bom" o empate contra a Chapecoense fora de casa.

- Foi um resultado bom, lembrando que é um duelo decidido em 180 minutos.

Perguntado sobre a opção por Diego Alves, Rueda falou que a escolha do camisa 24 - na Copa Sul-Americana - foi pelo ritmo de jogo, mas lembrou que Thiago e Muralha estão trabalhando duro para a final contra o Cruzeiro.

- Contra o Botafogo, Diego Alves atuou e hoje chegou com mais ritmo do que Alex e Thiago. A Chapecoense também tem um jogo aéreo muito forte, por isso tivemos essa decisão. Os dois estão trabalhando forte.

Rueda avaliou como "bom" o empate fora de casa (Eduardo Valente)
Rueda avaliou como "bom" o empate fora de casa (Eduardo Valente)
Foto: LANCE!
LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade