0
Logo do Palmeiras
Foto: terra

Palmeiras

Roger lamenta 'empate amargo', mas valoriza ponto fora para o Palmeiras

Técnico lamentou o resultado por ter sofrido o gol já nos minutos finais, ao mesmo tempo que citou a importância de não ser derrotado como visitante na estreia do Brasileiro

16 abr 2018
22h47
atualizado em 17/4/2018 às 11h57
  • separator
  • comentários

Roger Machado saiu do estádio Nilton Santos com sentimentos misturados. Apesar de admitir que o empate com o Botafogo é amargo por ter sofrido o gol no fim, o técnico do Palmeiras disse ser importante voltar para São Paulo com um ponto da estreia no Brasileiro.

Roger durante o empate com o Botafogo, no Rio de Janeiro (Foto: ARMANDO PAIVA/RAW IMAGE)
Roger durante o empate com o Botafogo, no Rio de Janeiro (Foto: ARMANDO PAIVA/RAW IMAGE)
Foto: Lance!

- Por sair na frente e tomar o gol a 10 minutos do fim do jogo e ter tido depois chances em contra-ataques para voltar à frente, claro que fica um gosto um pouco amargo. Mas no Brasileiro é preciso somar pontos, principalmente contra os grandes. Às vezes você troca pontos com quem vai brigar na frente. O Botafogo é bem organizado, no segundo tempo a sorte melhor poderia ter sido da gente - analisou o treinador.

- O campeonato se caracteriza pelas equipes que fora de casa incomodam mais. Vi um primeiro tempo com muitos erros de passe pela marcação do Botafogo no nosso campo. No segundo tempo tivemos melhor desempenho - acrescentou.
Depois de um primeiro tempo ruim, o time apresentou melhoras com a entrada de Guerra na vaga de Lucas Lima. Ainda assim, Roger evitou fazer críticas ao camisa 20, que não vive um bom momento.

- Hoje o Lucas participou do jogo, tocou bastante na bola, mas muito mais lateralizado do que nas costas da linha. Ele até se posicionou, mas não sincronizou o timing. O Guerra conseguiu encontrar o espaço. Evoluímos e o Guerra também chegou mais perto da área, deu a condição de empurrar o Botafogo para seu campo. Por vezes o atleta não encontra espaço pelo adversário bem fechado. Ter grupo com qualidade é isso: se em algum momento um atleta não está em bom nível, usamos outro - completou.

O Verdão volta a jogar no próximo domingo, quando recebe o Internacional, no Pacaembu.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade