0

Ricardo Oliveira se surpreende com ausência nos planos de Sampaoli

O atacante e mais cinco jogadores não devem continuar no Atlético-MG para o restante da temporada de 2020

9 mai 2020
18h32
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O atacante Ricardo Oliveira, ainda do Atlético-MG, que completou 40 anos esta semana, revelou surpresa por estar em uma lista de jogadores que não fazem parte dos planos do técnico Jorge Sampaoli.

O atacante se manifestou publicamente após saber da relação de atletas que não se apresentarão ao Galo na próxima segunda-feira, 11 de maio. Além de Ricardo, mais cinco jogadores não devem seguir no clube, pelo menso com Sampaoli.

Os atacantes Franco Di Santo e Edinho, os volantes José Welison e Ramon Martínez e o lateral Lucas Hernández são os outros nomes que não estarão na Cidade do Galo para fazer exames para detectar, ou não, a presença da Covid-19.

Ricardo tinha pelo menos a intenção de cumprir o seu contrato com o clube mineiro, que ia até o fim de 2020.

Ricardo foi o único jogador que se manifestou publicamente sobre a ausência na apresentação de segunda-feira, no Galo-(Reprodução/Twitter)
Ricardo foi o único jogador que se manifestou publicamente sobre a ausência na apresentação de segunda-feira, no Galo-(Reprodução/Twitter)
Foto: Lance!

- Fui surpreendido com uma situação, que todo mundo ficou sabendo, que saiu na imprensa, mas ainda assim, diante de tudo isso, o meu presente hoje é o Atlético. Tenho contrato até o final de dezembro e é o que eu penso. Não só por planejamento familiar, mas por planejamento profissional, de um contrato de três anos, e eu estou cumprindo esse contrato-disse Ricardo, em entrevista ao jornalista Ademir Quintino.

O atacante do Galo ainda está sem definir o futuro e foi polido e político em sua fala, evitando críticas ao clube ou a Sampaoli, que o queria no Santos em 2019, mas sem acordo com o Atlético na época.

- O futuro está nas mãos de Deus. A gente não pode falar de cabeça quente. Estou no calor de uma notícia ou de outra. Sou um cara muito sereno, faço as minhas reflexões, fico tranquilo em casa, tenho contrato. Semana que vem as coisas já voltam à sua normalidade, e vamos ver o que vai acontecer, de que forma vai ser conduzido tudo para depois a gente se posicionar-disse Ricardo, que tem 110 jogos e 37 gols pelo alvinegro, desde que chegou em 2018.

Veja também:

DIÁRIO L! DA COPA DE 70: a repercussão da vitória da Seleção sobre os tchecos na estreia do mundial
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade