0

Rhuan vive cenário dos sonhos e confirma bom momento no Botafogo

Atacante, uma das apostas de Alberto Valentim em segunda passagem no comando do clube, marcou seu primeiro gol como profissional na vitória sobre a Chapecoense

28 nov 2019
07h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Imagine o cenário: um jogador é destaque da equipe sub-20 aos 19 anos, se mostra como um dos futuros atletas para o futuro deste time e, com a mudança de treinador e as dificuldades financeiras na equipe profissional, é chamado para integrar o elenco principal às pressas. Em tempo, vira titular e marca seu primeiro gol em uma partida fundamental contra o rebaixamento. Este é o caso de Rhuan, do Botafogo.

Rhuan comemora o gol diante da Chapecoense (Vítor Silva/Botafogo)
Rhuan comemora o gol diante da Chapecoense (Vítor Silva/Botafogo)
Foto: Lance!

> TABELA DO BRASILEIRÃO

O atacante foi o autor do gol da vitória sobre a Chapecoense, na última quarta-feira, na Arena Condá, naquele que foi o primeiro triunfo do Botafogo fora de casa no segundo turno do Campeonato Brasileiro. De praxe, o camisa 28 balançou as redes de forma inédita em sua carreira como profissional e confirmou a ascensão com Alberto Valentim.

Após o duelo, Rhuan afirmou estar vivendo "um sonho". Até a metade do ano, o atleta só havia se aproximado do elenco profissional em treinamentos. Em agosto, estreou na equipe principal, contra o Corinthians, com Eduardo Barroca, mas não teve sequência. Desde a chegada de Alberto Valentim, o atacante vem recebendo chances - e, ultimamente, justificando as oportunidades que lhe são dadas pelo comandante.- Que noite! Eu estava ansioso por este gol e fico feliz por ele ter vindo em um momento tão importante. Muito obrigado a todos pelo carinho e principalmente aos meus familiares por sempre acreditarem! Este gol é para vocês - publicou Rhuan, após o triunfo.

Diante do Verdão D'Oeste, um toque de cobertura foi o responsável por dar a vitória. Antes disto, contudo, Rhuan já havia contribuído com boas atuações - contra o Avaí, no dia 11 de novembro, por exemplo, a torcida do Botafogo que estava no Nilton Santos gritou o nome do camisa 28 quando ele foi substituído. Em um momento delicado do Brasileirão, o Alvinegro parece ter encontrado um importante reforço caseiro.

O primeiro gol como profissional provavelmente jamais será esquecido. Diante das boas atuações e sendo um dos poucos jogadores do elenco do Botafogo que possui capacidades de drible em situações de um contra um, a sequência de Rhuan na equipe principal do Alvinegro deverá ser estendida por mais tempo.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade