0

Rei dos Clássicos, Bruno Henrique impulsiona o Flamengo antes de 'jogo do ano' contra o Grêmio

Atacante tem marca positiva diante dos rivais cariocas vestindo a camisa rubro-negra. Retrospecto pelo Santos foi negativo

21 out 2019
06h05
atualizado às 09h53
  • separator
  • 0
  • comentários

Bruno Henrique em clássicos pelo Flamengo virou sinônimo de gols. O retrospecto do atacante já era positivo e melhorou ainda mais nesse domingo. Diante do Fluminense, três minutos foram o suficiente para o camisa 27 deixar sua marca no Maracanã lotado com um pouco mais de 52 mil torcedores. O tento de cabeça, uma de suas armas mais fortes, permitiu à equipe de Jorge Jesus ter seu plano de jogo mais facilitado nas quatro linhas.

Bruno Henrique é um dos principais jogadores do Brasil na temporada (Alexandre Vidal/Flamengo)
Bruno Henrique é um dos principais jogadores do Brasil na temporada (Alexandre Vidal/Flamengo)
Foto: Lance!

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

As estatísticas registram um desempenho impecável de Bruno Henrique em 2019. No geral, são 24 gols em 49 jogos na temporada. Abrindo os dados, vê-se que, contra os rivais do Flamengo, a participação do mineiro é ainda mais efetiva: nove gols em 11 jogos; definitivamente, três para cada (Vasco, Botafogo e Fluminense). O apetite insaciável pelos "dias importantes" foi demonstrado logo na estreia do atacante pelo Fla. Em fevereiro, balançou duas vezes as redes do Botafogo no Nilton Santos, em jogo pela fase de grupos da Taça Guanabara.

A efeito de comparação, o "gosto" por marcar em clássicos veio justamente no Rio de Janeiro. Pelo Santos, tanto em 2017, quanto em 2018, não celebrou nenhuma vez contra Palmeiras, Corinthians ou São Paulo, em nove vezes. Com um gol a cada 110 minutos, o arsenal de Bruno Henrique é vasto. Só pelo alto foram oito gols, número absoluto no elenco do Flamengo.

Além da questão técnica, pelo fato de atualmente estar em um elenco recheado de talentos, a parte tática também explica essa 'super evolução' nos dérbis. No Santos, Bruno Henrique costumava atuar aberto pelo lado direito. No Flamengo, embora faça o outro lado, tem liberdade para se mover por todos os setores. Além disso, por muitas vezes é o responsável por concluir as jogadas, revezando com Gabigol.

Agora, o Flamengo se prepara para o "jogo do ano", segundo muitos atletas do plantel se referiram na zona mista após o Fla-Flu. Na quarta-feira, enfrenta o Grêmio, às 21h30, no Maracanã, pela volta da semifinal da Libertadores. Em cinco partidas no mata-mata da competição, Bruno Henrique fez três gols e deu uma assistência.

Os dias serão de silêncio. Nesta segunda-feira , a imprensa só será liberada às 13h para a coletiva. A atividade, que começa às 9h, não poderá ter nem registro do aquecimento. Na terça, o último treino antes de encarar o Grêmio será às 16h. A imprensa também não poderá gravar nenhum momento. No Brasileirão, a equipe enfrenta o CSA no domingo, às 19h, no Maracanã. Segundo o site Infobola, do matemático Tristão García, o Rubro-Negro tem 97% de chances de ser campeão.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade