1 evento ao vivo

RB Leipzig busca vencer Mainz e voltar para o terceiro lugar

No primeiro turno, time de Nagelsmann impôs uma vitória massacrante por 8 a 0 contra o próximo adversário. Treinador não pensa na partida anterior e foca nos três pontos

23 mai 2020
12h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Após o massacre do primeiro turno, RB Leipzig e Mainz voltam a se reencontrar no Campeonato Alemão em partida válida pela 27ª rodada da Bundesliga neste domingo às 10h30 (horário de Brasília). O time de Nagelsmann se encontra na quinta posição, mas pode voltar ao terceiro lugar caso vença fora de casa.
Apesar de ter vencido o rival por 8 a 0 no primeiro turno, o técnico do Leipzig acredita que encontrará um outro rival neste domingo.

RB Leipzig voltou ao Campeonato Alemão de maneira inconsistente (Foto: Jan Woitas/AFP)
RB Leipzig voltou ao Campeonato Alemão de maneira inconsistente (Foto: Jan Woitas/AFP)
Foto: Lance!

- O primeiro turno foi um jogo extraordinário, tudo ocorreu bem paga a gente e nada para o Mainz. Estou certo de que eles mostrarão uma cara diferente. O Mainz tem boa intensidade e é difícil calcular como eles vão jogar. Eles têm rapidez, coragem e muitas vezes encontram boas soluções em campo.

Nagelsmann não quer se prender na vitória que aconteceu em novembro, mas sim ganhar os três pontos neste segundo turno. Para isso, o treinador pode promover mudanças em relação ao time que empatou com o Freiburg no último fim de semana.

- Sabitzer aproveitou o tempo após entrar contra o Freiburg. Acredito que ele começará contra o Mainz. Já a volta de Fosberg ao time contra o Mainz ainda está em aberto.

O RB Leipzig conta com a presença de Timo Werner, vice-artilheiro da Bundesliga, para tentar superar o rival que está em má fase na competição. O Mainz ocupa a 15ª posição, tem a segunda pior defesa do torneio e busca pontuar para escapar da zona do rebaixamento.

Veja também:

DIÁRIO L! DA COPA DE 70: a repercussão da vitória da Seleção sobre os tchecos na estreia do mundial
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade