0

Raí fala sobre Pato, Ganso, Ferraz e Nenê e se diz satisfeito com elenco

No lançamento oficial da Florida Cup, diretor de futebol do São Paulo indicou que Nenê não será liberado para o Fluminense e que não vai contratar Pato, Ganso e Victor Ferraz

8 jan 2019
15h30
  • separator
  • comentários

Raí, diretor de futebol do São Paulo, falou sobre a montagem do elenco para 2019 durante a coletiva de lançamento da Florida Cup, realizada na tarde desta terça-feira no Loews Royal Pacific Resort, anexo ao Universal Orlando Resort. Ele se disse satisfeito com o grupo que está à disposição de André Jardine, indicou que não vai liberar Nenê ao Fluminense e esfriou os nomes de Alexandre Pato, Ganso e Victor Ferraz.

- Sabemos da ansiedade da torcida de querer novos e grandes jogadores. O São Paulo começou cedo a montar seu grupo, investimos bastante e investimos forte. Temos um grupo pronto para qualquer desafio e qualquer campeonato. Estamos muito satisfeitos com o grupo montado. É um grupo grande até. Hoje temos 30 atletas. Então temos de ter cuidado de pensar qualquer outra coisa, nome ou reforço - disse o dirigente, em declaração publicada pelo site do Globo Esporte.Veja abaixo um resumo sobre cada situação abordada por Raí:

Alexandre Pato:

O São Paulo gostaria de contratar o atacante do Tianjin Quanjian, da China, mas não tem condições de bancar os valores envolvidos agora, tanto de salários quanto para quebrar o contrato com o clube asiático, que vence em dezembro. Por isso, o discurso no clube é de que o negócio não acontecerá neste momento.

- Nenhuma novidade. É o que falei: estamos satisfeitos com o grupo que temos hoje - disse o dirigente, de acordo com o Globo Esporte.

Ganso

O meia do Sevilla (ESP) deve romper seu contrato de empréstimo com o Amiens (FRA) para voltar ao Brasil. Ele é muito querido por funcionários do clube e, em 2016, prometeu que voltaria. Segundo Raí, no entanto, o São Paulo não está perto de contratá-lo.

- Mesma situação (não há novidade).

Victor Ferraz

O São Paulo acertou salários com o jogador em dezembro do ano passado e chegou a se animar com o início das conversas com o Santos. Mas o negócio esfriou muito depois que José Carlos Peres, presidente da equipe praiana, passou a não responder as ofertas apresentadas pelo Tricolor. A diretoria não chegou a desistir do jogador, mas tem pouquíssimas esperanças de acordo.

- Temos o Igor Vinicius e o Bruno Peres que está treinando muito bem. É um dos destaques da pré-temporada. Ele chegou no meio do ano, não fez pré-temporada. Temos também o Araruna. São três opções, sem contar a base. Temos que ter calma e pensar de forma equilibrada, sem ir fazendo, até porque temos nosso limite e ótimas opções na mão da comissão técnica - explicou Raí.

Nenê

O Fluminense tem interesse no camisa 10 são-paulino, mas a negociação é improvável. O São Paulo não pretende negociá-lo, o jogador não pretende voltar ao Rio de Janeiro e o que o Flu tem para oferecer, a princípio, não fez nenhuma das partes mudar de ideia.

- Enquanto a janela está aberta podem acontecer contatos e interessados. Mas não tem nada de concreto. Nenê está aqui e treinando bem, forte e interessado. Conversou com comissão técnica e diretoria, se empenhando. Sabemos que nessa temporada vamos ter várias competições de alto nível e vamos precisar de todo mundo - disse Raí.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade