0

Raí diz que São Paulo só recebeu resposta da CBF após adiamento de jogo contra o Goiás

Diretor do São Paulo diz que tentou contato com a CBF diversas vezes ao longo do dia, mas que só teve um posicionamento definitivo quando o adiamento já estava confirmado

9 ago 2020
18h33
atualizado às 18h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Raí, diretor de futebol do São Paulo, disse que a CBF só deu um posicionamento ao clube após a confirmação do adiamento da partida contra Goiás. Por isso, o Tricolor foi até o estádio Hailé Pinheiro e chegou a entrar em campo.

Raí esteve com a delegação do São Paulo em Goiânia (Foto: Reprodução/Twitter São Paulo)
Raí esteve com a delegação do São Paulo em Goiânia (Foto: Reprodução/Twitter São Paulo)
Foto: Lance!

O Esmeraldino ficou sabendo pela manhã que dez de seus jogadores, sendo oito titulares, haviam testado positivo para Covid-19 em testes realizados na sexta-feira. A primeira bateria de testes, feita na quinta, foi inutilizada após uma falha do laboratório escolhido pela CBF. O clube convocou outro laboratório para fazer novos exames neste domingo e nove dos dez diagnósticos foram confirmados.

- Desde de manhã estávamos sabendo do problema, em contato com dirigentes do Goiás. Tentamos contato com a CBF também para esclarecer e acompanhar a situação, não tínhamos muitas informações. Não tivemos resposta da CBF, então viemos para cá seguindo o protocolo. Aqui a gente ficou sabendo que existia uma medida cautelar, mas os delegados falaram para a equipe subir a campo, até receber o documento oficial, que chegou logo depois da entrada da equipe - disse o ex-jogador, à TV Globo.

Marcelo Almeida, presidente do Goiás, disse que a postura do São Paulo no episódio foi "bastante fria" e contou ter procurado Raí para dizer que o STJD provavelmente acataria o pedido do clube Esmeraldino para adiar a partida - que ainda não tem nova data. Raí, no entanto, diz que manteve-se em contato com a diretoria do clube goiano "o tempo todo".

- Mantivemos contato com dirigentes do Goiás o tempo todo e procuramos várias vezes a CBF. O Manuel Flores, responsável pelas competições da CBF, me ligou agora há pouco explicando que não tinha podido retornar antes porque estava tentando resolver e confirmando os casos - disse.

- Óbvio que teve uma preocupação desde o início, conversamos entre nós, é uma situação desconfortável, não sabíamos a extensão do problema. Ouvimos falar que eram dez (jogadores contaminados), não sabíamos exatamente. Sabíamos que seriam refeitos os exames, poderiam ter tido erros nos resultados, eram muitas dúvidas. Obviamente que preocupou a todos e ao mesmo tempo a gente se preocupou se existia uma confirmação ou não, por isso.

Raí disse que o São Paulo concorda com o adiamento da partida, endossando o que o clube publicou em suas redes sociais meia hora após a confirmação.

Veja também:

Resumão do Mercado - #2
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade