0

Quique Setién vira opção do Palmeiras após 'indicação' de Ramírez

Treinador ex-Barcelona passou a ser cogitado após receber diversos elogios do comandante do Independiente del Valle durante as conversas com a diretoria alviverde no Equador

21 out 2020
16h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O treinador Quique Setién entrou em pauta no Palmeiras após a desistência do também espanhol Miguel Ángel Ramírez. A diretoria avalia o nome do ex-Barcelona como uma opção para a vaga de Vanderlei Luxemburgo, demitido há uma semana. A informação foi primeiramente noticiada pelo jornal 'Marca', da Espanha, e confirmada pela reportagem do NOSSO PALESTRA/LANCE!

Setién treinou o Barcelona entre janeiro e agosto de 2020 (Foto: Divulgação/FC Barcelona)
Setién treinou o Barcelona entre janeiro e agosto de 2020 (Foto: Divulgação/FC Barcelona)
Foto: Lance!

Curiosamente, a atenção do Verdão em Setién surgiu justamente nas conversas com Ramírez. O técnico do Independiente del Valle mencionou, durante as conversas com os dirigentes alviverdes no Equador, que enxerga o treinador de 62 anos como uma 'grande inspiração' e tem o Bétis de 2017-2019 como exemplo para o modelo de jogo que busca implementar em suas equipes.

Desta forma, a diretoria do Palmeiras, que busca manter uma coerência na busca por seu novo treinador, passou a enxergar o espanhol - que atualmente está sem clube - como uma opção a ser estudada. Conforme apurou a reportagem do NP/LANCE! com fontes ligadas ao técnico, nenhuma conversa ocorreu ainda e eles apenas tiveram conhecimento do interesse palestrino através da imprensa europeia. Contudo, reforçaram que o Brasil é um 'mercado gigante, de relação muito próxima com a Espanha' (devido ao grande número de atletas brasileiros que atuam por lá) e afirmaram que estão dispostos a conversar.

Quique Setién passou a maior parte da carreira treinando equipes de pequeno porte até ganhar grande projeção graças a bons trabalhos no Las Palmas (2015-2017) e Bétis (2017-2019). Em janeiro de 2020, foi contratado pelo Barcelona para assumir a vaga deixada por Ernesto Valverde. No entanto, teve passagem curta pelo clube catalão, tendo sido demitido em agosto após sua equipe ser goleada por 8 a 2 pelo Bayern de Munique nas quartas de final da Champions League 2019-2020.

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade