10 eventos ao vivo

Manchester United vence o Brighton com ajuda da trave e VAR

Brighton finalizou cinco vezes a pelota no poste dos Red Devils. Time de Solskjaer saiu atrás do placar, empatou no final da primeira etapa e virou no início do segundo tempo

26 set 2020
10h30
atualizado às 12h05
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Apesar do excelente jogo do Brighton na partida, o Manchester United conseguiu os primeiros três pontos no Campeonato Ingles após vitória por 3 a 2. O jogo foi maluco, teve cinco bolas na trave dos mandantes, virada, VAR após o apito final da partida e os Red Devils conquistando vitória chave para a sequência da competição.

Rashford decidiu jogo duro contra o Brighton pela Premier League (GLYN KIRK / POOL / AFP)
Rashford decidiu jogo duro contra o Brighton pela Premier League (GLYN KIRK / POOL / AFP)
Foto: Lance!

NA TRAVE

O Brighton teve um início muito forte em casa e logo aos nove minutos, Trossard recebeu bola na entrada da área e finalizou com força na trave. Aos 20, o camisa 11 novamente parou no poste, mas em uma finalização cruzada que passou rente à baliza. Já o zagueiro Webster aproveitou cruzamento de Maupay e cabeceou estranho, mas no travessão do goleiro De Gea.

EMOÇÃO

Após muita pressão, o Brighton arrumou um pênalti cometido por Bruno Fernandes em Lamptey e Maupay cobrou e converteu com uma estilosa cavadinha aos 40 minutos e comemorar com o famoso gesto de choro. Apesar de estar melhor, o Manchester United chegou ao empate com gol contra de Dunk em infelicidade após jogada de bola parada.

VIRADA

No início da segunda etapa, o VAR teve grande participação na partida ao anular um pênalti marcado em campo pelo juiz em favor do Brighton e anular um gol de Rashford em posição irregular. Mas aos nove minutos, o atacante inglês dos Red Devils foi responsável por fazer uma linda jogada individual, deixar o marcador do chão e marcar um golaço.

INACREDITÁVEL

Após a virada, o Brighton voltou a se impor dentro de jogo, pressionar pelo empate, mas apesar do excelente jogo, os mandantes não conseguiram balançar as redes. Apenas a trave se movimentou em outras duas oportunidades com March finalizando cruzado e Trossard carimbando o poste aos 30 minutos. Nos acréscimos, o meia-atacante parou em De Gea evitando o empate.

QUE FINAL

Após muita insisência, March aproveitou cruzamento aos 50 minutos do segundo tempo, em um dos últimos lances da partida, e empatou o placar para o Brighton. No último lance da partida, o Manchester United conseguiu um pênalti após o juiz ter apitado final de jogo, mas ter sido chamado pelo VAR. Bruno Fernandes converteu o gol do 3 a 2 e garantiu a vitória do time do Old Trafford.

Veja também:

A novela continua! Após desistir de espanhol, Palmeiras segue em busca de novo técnico
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade