0

Quase reforço do Barça, Tailson encanta Sampaoli e briga por vaga

Há quase três meses, atacante chegou a acertar com clube catalão, mas Santos correu atrás e renovou com o atleta. Jogo contra o Palmeiras ocorre nesta quarta, na Vila, às 21h30

8 out 2019
06h03
atualizado às 08h05
  • separator
  • 0
  • comentários

A vida do atacante Tailson quase tomou um rumo diferente há quase três meses. Sem contrato com o Santos, o Menino da Vila acertou sua ida ao Barcelona, da Espanha. Ciente, a diretoria do Peixe chegou a entrar na Justiça por ter a prioridade em assinar com o jovem de 20 anos.

Tailson é opção para o ataque do Santos contra o Palmeiras, nesta quarta, na Vila Belmiro (Foto: Ivan Storti/Santos)
Tailson é opção para o ataque do Santos contra o Palmeiras, nesta quarta, na Vila Belmiro (Foto: Ivan Storti/Santos)
Foto: Lance!

- Já estamos na Justiça há três meses. E também a CBF e a Fifa estão acusando o empresário e Barcelona de assédio - afirmou o presidente José Carlos Peres ao LANCE!, em julho.

Duas semanas depois, Peres acertou o primeiro contrato profissional de Tailson e Sandry. O vínculo é válido até a metade de 2022, com renovação automática por mais dois. O Alvinegro tem 100% dos direitos econômicos dos atletas.

- Foi um momento difícil nos últimos meses que eu passei em questão de resolver contrato, mas deu certo, o maior objetivo foi alcançado, que era acertar com o Santos. Aconteceu muito rápido. Em dois meses pude voltar a treinar com o elenco, isso foi muito importante para mim. Estava preparado psicologicamente, me preparei, porque saberia que o momento ia chegar. O Sampaoli daria oportunidade, feliz pela estreia, uma estreia incrível. Um sonho que acabou sendo realizado. Foi incrível - afirmou Tailson.

TABELA
> Veja a classificação e o simulador do Brasileiro clicando aquiSe o acerto do primeiro vínculo profissional foi dramático, não pode-se dizer do mesmo da estreia de Tailson com o técnico Jorge Sampaoli. Ele foi o autor do gol da vitória do Santos sobre o Vasco, por 1 a 0, no último sábado, em São Januário, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O camisa 39 integrava a atividade dos sparrings, quando o paraguaio Derlis González sentiu dores na coxa direita na véspera do jogo. Sendo assim, Tailson foi convocado e viajou ao Rio de Janeiro.

- O Derlis sentiu. Eu estava treinando do outro lado. O Sampaoli me chamou e eu não esperava. Eu fiquei sabendo que jogaria de titular na preleção, quando vi meu nome lá. Fiquei surpreso, feliz... Estava preparado, não me deixei abalar.

- Foi difícil dormir na noite, foram bons pensamentos, mas também foi um dia muito tranquilo - completou.

No treino da última segunda-feira, no CT Rei Pelé, Tailson treinou com os profissionais e também foi testado no time titular para o duelo contra o Palmeiras, nesta quarta-feira, às 21h30, na Vila Belmiro, pela 24ª rodada da competição nacional.

Soteldo e Derlis são desfalques certos por disputarem amistosos internacionais com Venezuela e Paraguai, respectivamente. Marinho e Lucas Venuto são outras opções pelos lados do ataque do Santos.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade