3 eventos ao vivo

'Quando tem a chance é preciso matar', lamenta Renato sobre gol perdido por Pepê

Lance que aconteceu logo no início do confronto no Allianz Parque, no entendimento do treinador do Grêmio, poderia ter modificado a história

7 mar 2021
22h43
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A possibilidade do Grêmio sair na frente diante do Palmeiras no jogo de volta pela final da Copa do Brasil nesse domingo (7) esteve bem perto quando, logo no começo da partida, um cruzamento rasteiro vindo do lado direito do ataque passou bem perto dos pés do atacante Pepê.

Treinador considerou que adversário
Treinador considerou que adversário
Foto: Lance!

Foi justamente esse lance foi usado pelo técnico Renato Portaluppi para exemplificar na sua análise que, em relação a estratégia de jogo e movimentação das peças, foi feito o possível para reverter a desvantagem acumulada no primeiro confronto. Entretanto, ele ressaltou que erros como esse em instâncias decisivas não costumam ser "perdoados":

- O Thaciano faz parte do grupo do Grêmio. O Thaciano estava jogando pelo lado, quem estava por dentro era o Alisson. O Pinares, jogador importante para nós, não estava inscrito. O Jean, infelizmente nos últimos jogos, caiu bastante de produção e a gente tinha que tentar alguma coisa. Procurei, procurei fazer de tudo aqui, mudei umas peças e até estivemos bem no primeiro tempo. Infelizmente tivemos um gol feito no início com o Pepê, desperdiçamos, e numa partida dessas, uma decisão, quando tem a chance é preciso matar. Se não matar, o adversário mata.

Além de emendar também um pedido de desculpas direcionado ao torcedor do Imortal pelo vice-campeonato, Renato também agregou que tanto a comissão técnica como a diretoria "sabiam o que tinha de ser feito" para a retomada do caminho das conquistas expressivas:

- Em primeiro lugar, (quero) pedir desculpas à torcida do Grêmio. Ela estava apostando muito no título, da mesma forma que o nosso grupo. Infelizmente não pudemos dar essa alegria. Eu tenho trocado bastante ideias com o presidente e nessas horas é ter a cabeça tranquila, fresca, e a partir de amanhã vamos tomar providências. A gente sabe muito bem o que deve ser feito e a gente vai fazer. Vai fazer? Nós não estamos parados, estamos nos mexendo e sem dúvida alguma providências serão tomadas.

Veja também:

LANCE! mostra 20 feras sul-americanas que valem investimento
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade