0

Primeiro mês de Marcelo Cabo no Vasco tem mudanças no elenco, chance a jovens e novidades táticas

Treinador vem participando do processo de reformulação do grupo e comandando a equipe que se prepara para a Série B. Mas encara desafios desde os primeiros jogos

5 abr 2021
07h34
atualizado às 07h34
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Pelas circunstâncias simultâneas do calendário, por conta da pandemia, mais a mudança de divisão, o primeiro mês de Marcelo Cabo no Vasco foi agitado como poucas vezes se viu. Em quatro semanas, o treinador contratado para a temporada foi motorista e passageiro de um ônibus que vai trocando de pneu enquanto acelera.

Marcelo Cabo vive as primeiras semanas no comando técnico do Cruz-Maltino (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama)
Marcelo Cabo vive as primeiras semanas no comando técnico do Cruz-Maltino (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama)
Foto: Lance!

A começar pela reformulação do elenco, que ainda está acontecendo, mas já viveu momentos importantes. Saídas de titulares como Fernando Miguel e Benítez, a definição de que outros cinco estão fora dos planos e também a confirmação de que pilares como Cano seguem. Teve de tudo.

Ao mesmo tempo, o departamento de futebol entendeu que era preciso preparar os jogadores fisicamente para a Série B do Campeonato Brasileiro que vem aí. Isso significa relegar ao segundo plano o início de Campeonato Carioca. Por isso tantos jovens vêm ganhando espaço, o que já foi dito que não será constante no segundo semestre.

Na Copa do Brasil, uma classificação já foi sofrida e outra também promete ser dura, esta semana. Ainda que com pouco tempo de trabalho, os jogos, tanto pelo mata-mata nacional quanto pelo torneio estadual, vão se tornando cada vez mais decisivos.

- Ficamos muito felizes pela integração estar surtindo efeito. Completo um mês de trabalho no Vasco da Gama, um Vasco que está se reconstruindo. Tem a dificuldade de não ter pré-temporada, de não ter férias... temos que parabenizar os meninos pela educação, entrega e disciplina. Ficamos muito felizes. Quero ressaltar que esses jovens não são solução neste momento. Serão suporte nesta temporada, como foram hoje - explicou Marcelo Cabo após o último jogo.

Os dois primeiros jogos da temporada foram disputados com um time sub-22. Somente ali houve pausa na maratona de jogos. Foram oito em março e um no último sábado, já em abril. Taticamente, Marcelo Cabo já apresentou o 4-2-3-1 e o 4-4-2 com meio-campo em formato de losango.

- Neste meu primeiro mês, estamos jogando competições importantes, mas tem sido um período de avaliação, de oportunizar jogadores. Nosso planejamento é de finalizar a pré-temporada contra o Flamengo, para termos uma equipe-base e definições de quem continua e quem vai para a base. Tem sido um período importante para avaliações - finalizou.

Veja também:

Relembre todas as sedes e edições dos Jogos Olímpicos de Verão
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade