0
Logo do Santos
Foto: terra

Santos

Prima de Rollo gasta R$ 2 mil para votar no Santos e vice ataca Peres

Vice-presidente, Orlando Rollo culpou Peres de difamação após vazamento de pagamentos feitos por sua prima na Secretaria Social, no último dia 23, para votar em Assembleia

25 set 2018
19h24
atualizado às 19h24
  • separator
  • comentários

Entre 15h52 e 18h44 do dia 23 de setembro, uma prima do vice-presidente do Santos, Orlando Rollo, passou quatro valores diferentes em seu cartão de crédito para regularizar a situação própria e de mais três amigos, segundo o próprio vice, no quadro associativo do clube, com o intuito de votar na Assembleia Geral do dia 29 de setembro, na Vila Belmiro.

Orlando Rollo (à esq) atacou Peres (à dir) em suas redes sociais após vazamentos (Foto: Ivan Storti/Santos)
Orlando Rollo (à esq) atacou Peres (à dir) em suas redes sociais após vazamentos (Foto: Ivan Storti/Santos)
Foto: LANCE!

Em nota oficial divulgada em sua página do Facebook, Rollo acusou o presidente José Carlos Peres pelo vazamento das informações, por difamação, além de afirmar não estar lesando o clube em nada com os votos da família e amigos.

A familiar de Rollo primeiro gastou R$ 1086,00 no clube, às 15h52. Voltou a usar o cartão às 16h28, quando passou mais R$ 128,00. Já às 17h03, o pagamento foi de R$ 41,00. Por fim, às 18h44, pagou outros R$ 853,32. Totalizando um gasto de R$ 2108,32. A reportagem recebeu os comprovantes, mas não teve acesso aos nomes dos sócios que foram beneficiados pelos pagamentos.

Confira a nota oficial de Orlando Rollo:
A sede de poder do presidente José Carlos Peres, que se acha dono do Santos FC, nao tem limites e agora tenta atingir até a minha família.

Fui surpreendido hoje com a informação de que o atual presidente está usando o nome de uma prima minha para me difamar, alegando que ela utilizou seu cartão de crédito para pagar mensalidades. Sim, ela pagou mensalidades de TRÊS pessoas, a dela e de dois amigos.

Vamos esclarecer uma coisa: minha prima é sócia do clube, assim como todos meus familiares. Qual é o problema se resolveram quitar débitos para exercer o legítimo direito de votar pelo afastamento do atual presidente?

Se alguém da família do atual presidente quiser fazer quitar TRÊS mensalidades, estará lesando o Clube por isso? Isso é suficiente para dizer que ele estaria fraudando a votação?

Todos sabemos quem está lesando o Santos. É gente que não honra o que diz, não respeita o Estatuto, mente , é sócio de empresa de representação de atleta, coloca em outros a responsabilidade que é sua, coloca o Santos em pé de guerra, ofende a Vila Belmiro e a cidade, destila ódio entre as pessoas. Motivos não faltam para vocês identificarem quem de fato é responsável pelo que estamos passando no Santos. Nada, nem a mais suja campanha difamatória contra mim e minha família, vai me impedir de trabalhar pelo bem do clube que é minha vida.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade