1 evento ao vivo

Presidente do Santos desconversa, mas nega venda de Rodrygo ao Real

Questionado sobre propostas ao jovem atacante, Peres explica que caso a multa de rescisão de contrato seja paga, "não há o que fazer". O valor é de 50 milhões de euros

7 jun 2018
23h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Depois de receber proposta do Real Madrid de 45 milhões de euros (R$ 202 milhões) por Rodrygo, o presidente José Carlos Peres negou que o jovem tenha sido vendido, na noite desta quinta-feira, na reunião do Conselho Deliberativo. Existe negociação entre os clubes, mas ainda não há acordo fechado.

Presidente do Santos nega que Rodrygo tenha sido vendido ao Real Madrid (Foto: Ivan Storti/Santos)
Presidente do Santos nega que Rodrygo tenha sido vendido ao Real Madrid (Foto: Ivan Storti/Santos)
Foto: Lance!

Quando questionado, o mandatário desconversou, mas deu a entender que caso a multa de rescisão de contrato seja paga - o valor é de 50 milhões de euros -, o atleta será vendido.

- Sobre o Rodrygo, não foi fechado negócio. Estamos com várias propostas. O jornal cada dia fala que foi para um time. Tem multa e 80% dos direitos. Pagando a multa de 40 milhões de euros (ao Santos), não tem o que fazer - disse.

- Hoje, infelizmente, temos Rodrygo que tem patamar de 50 milhões de euros. Dá para o Santos respirar, pagar parte da dívida e ter time mais forte. Não advogo para ser vendido, só digo que há propostas - acrescentou.

Em maio, a diretoria recusou uma oferta do Barça próxima aos 30 milhões de euros (cerca de R$ 130 milhões). O jovem tem 9 gols em 28 jogos pela temporada.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade