1 evento ao vivo

Presidente do Grêmio projeta prejuízo de R$ 25 milhões com pausa do futebol

Romildo Bolzan detalhou a ausência da entrada de receita pontuando questões como disputa de competições além do quadro social e venda presencial de produtos licenciados

20 mar 2020
10h56
  • separator
  • 0
  • comentários

Apesar de ciente da necessidade de paralisação do futebol mediante a todo o cenário da saúde envolvido no combate a pandemia do coronavírus, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, não deixou de considerar que o clube sofrerá um baque considerável com a necessidade da pausa.

Divulgação Grêmio
Divulgação Grêmio
Foto: Lance!

Em entrevista que o dirigente deu ao portal Globo Esporte, ele relatou que existe uma projeção na casa dos R$ 25 milhões. Foram inclusos na contagem elementos como cotas pela disputa tanto do Campeonato Gaúcho como da Copa Libertadores além de receitas do quadro social e venda presencial de produtos licenciados do clube.

Como consequência dessa perda de receita, o mandatário do Imortal chegou inclusive a assumir que existe a possibilidade de, além de fechar o ano "no vermelho", haver dificuldade na negociação de atletas e até mesmo o atraso salarial a partir do mês de abril não está descartado:

- Nós vamos ter problema, nossa estimativa é ter problemas na ordem de R$ 20 a R$ 25 milhões. Para isso, estamos aguardando medidas compensatórias. Se não houver, teremos que fazer medidas internas para readequação. Nesse momento estamos examinando este cenário para compensar perdas com outras situações de fluxo. Talvez tenhamos que examinar. (Atraso) Não está na pauta. Vamos fazer esforço para cumprir.

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade