2 eventos ao vivo

Presidente do Boca fala sobre Pérez, Santos insiste e técnico deve analisar

Novo treinador do clube argentino deve observar o plantel à disposição até o fim desta semana e, até lá, é pouco provável um avanço na negociação entre Santos e Boca pelo meia

8 jan 2019
15h09
  • separator
  • 0
  • comentários

A negociação envolvendo Santos, Boca Juniors e o meio-campista Pablo Pérez deve se arrastar por mais alguns dias. Ao menos até o começo da próxima semana, quando o técnico do time argentino, Gustavo Alfaro, já terá terminado de fazer a análise do plantel à disposição. O novo treinador foi apresentado pelos xeneizes há seis dias e ainda não conseguiu analisar todo seu elenco.

Venda de Pérez não empolga presidente do Boca Jrs; técnico fará análise do elenco (Foto: Boca Juniors/Divulgação)
Venda de Pérez não empolga presidente do Boca Jrs; técnico fará análise do elenco (Foto: Boca Juniors/Divulgação)
Foto: Lance!

O Peixe, por sua vez, tem interesse na contratação do volante de 33 anos e pressa para reforçar seu elenco, ainda sem novas caras - a exceção dos jogadores que retornaram de empréstimo - e não desistiu da negociação ainda. Uma proposta foi enviada à Argentina na última segunda-feira, mas não empolgou o presidente do Boca, Daniel Angelici.

O valor estimado para a contratação de Pérez é de 1,5 milhão de dólares (R$ 5,5 milhões). O Alvinegro ainda não igualou tal montante pelo meia. O empresário do jogador, Jorge Bilicich, foi procurado pela reportagem, mas não deu resposta.Angelici sabe da importância técnica de seu capitão para o time e de sua representatividade para o clube. Neste momento, o dirigente vê como pouco provável a possibilidade de substituí-lo por uma cara nova em um curto espaço de tempo - a janela maior na Argentina é a do meio do ano. Por isso, não se empolga com a possibilidade de vendê-lo.

- Ele não me pediu para sair e o vejo entusiasmado nos treinos. Não sentamos para conversar. Não quero frear a carreira de ninguém. Mas a melhor época para encontrar um substituto é no meio do ano - disse o mandatário à Rádio La Red, na última segunda-feira.

Angelici terá uma conversa com o técnico Alfaro e também com o próprio jogador antes de tomar qualquer tipo de decisão. O desejo do atleta tende a ser respeitado por seu prestígio no clube. O Santos, por sua vez, insistirá para contratar um dos jogadores pedidos por Sampaoli, mas terá de subir a oferta.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade