2 eventos ao vivo

Presidente do Bahia dispara contra a arbitragem na Vila Belmiro

Guilherme Bellintani acredita que a sua equipe foi prejudicada pelo VAR ao ter o gol de Juninho anulado na etapa final

31 out 2019
22h38
atualizado às 22h38
  • separator
  • 0
  • comentários

A cada rodada que passa o sonho da Libertadores fica mais longe do Bahia. Nesta quinta-feira, o time comandado por Roger Machado foi superado pelo Santos e permanece na nona colocação, com 41 pontos, quatro a menos que o Inter, primeiro time do G6.Nos vestiários, o mandatário do Tricolor, Guilherme Bellintani, não perdoou a arbitragem de Wagner do Nascimento Magalhães, que anulou um gol do Esquadrão de Aço na etapa final.

Ivan Storti/Santos
Ivan Storti/Santos
Foto: Lance!

'Ficam uns merdinhas na p*** da cabine do VAR decidindo que horas a bola sai do pé do atacante para ver se marca impedimento ou não. Ali ele decide se vai botar um milímetro na frente ou não. Veja o lance que o VAR usou para marcar impedimento. A bola tinha saído do pé de Marco Antônio. Uns merdas vêm decidir quem ganha o jogo. A CBF vai ter que responder, porque, na hora de pedir apoio do Bahia, pede. Numa hora dessa, faz um escândalo desse. Qualquer um que entra no campeonato para abalar o sistema, a CBF faz isso. Esses merdas têm que provar que a bola, quando saiu do pé e a hora que paralisou a merda da jogada. Vão ficar jogando videogame e determinando quem ganha e quem não ganha. É só olhar a hora em que a bola sai do pé de Marco Antônio. Não tem mais mesma linha. Não existe mais. Acabou. Coloca quem vai ganhar, bota videogame para manipular o VAR e suspende o campeonato', disparou no microfone da Rádio Metrópole.

Agora, o Esquadrão de Aço tem a missão de acalmar os ânimos e voltar a campo no fim de semana. O próximo adversário é o Cruzeiro, domingo, no Mineirão.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade