0

Prefeito de Franca afirma que cidade pode sediar Liga das Américas

Em evento de apresentação do Jogo das Estrelas do NBB, Gilson de Souza afirma que a "capital do basquete" está preparada para receber a maior competição da América do Sul

7 fev 2019
18h52
  • separator
  • comentários

A "capital" do basquete recebe o Jogo das Estrelas do NBB (Novo Basquete Brasil) pela quinta vez na história. Para Gilson de Souza, que falou em uma entrevista de apresentação do evento realizada nesta sexta-feira, no Ginásio Pedrocão, palco de todo o espetáculo, a realização do evento é importante.

- Momento marcante e muito gratificante, não só para mim mas para a toda população de Franca. É uma cidade que vive o basquete, que tem o esporte como paixão. Eu não poderia jamais deixar de acontecer esse evento e contemplar nossa cidade com o jogo das estrelas - afirmou.

Inicialmente, o Jogo das Estrelas seria disputado no Ginásio do Ibirapuera, na capital do estado, assim como acontecera nos últimos dois anos, mas a organização do NBB não conseguiu marcar o evento para esse local. Gilson afirmou que, quando foi procurado pela organização da liga, aceitou o convite para sediar o Jogo das Estrelas na mesma hora e que, além disso, a intenção dele é trazer a Liga das Américas para a cidade.

- Quando fui procurado pelo presidente da liga, junto com o Helinho (treinador de Franca), imediatamente disse a eles que a parceria já estava concretizada. Sediamos aqui o jogo da Liga Sul-Americana, agora o das Estrelas e, se Deus quiser, vamos ser sede da Liga das Américas, nós já falamos com a Prefeitura para agilizar o processo - confessou.O prefeito afirmou que está em conversa com representações da Liga Nacional de Basquete (LNB) sobre uma possível reforma do Ginásio Pedrocão, local onde o Franca sedia suas partidas. Na opinião dele, a arena precisa passar por alguns ajustes para confortar uma das equipes em ascensão no basquete nacional.

- Eu estive ontem na apresentação da liga, e tenho conversado sobre a intenção da gente poder, juntos, construir um novo projeto. A liga está disponível e nós temos os recursos para fazer isso. O ginásio já tem um tempo e precisa de uns reparos. Talvez nem de reforçar, mas sim de construir coisas novas. A última reforma foi em 1995, é um ginásio com o melhor basquete do Brasil. É um projeto que vai ser feito com a liga e cabe ao prefeito pode viabilizar recursos para poder construir e entregar à população esse importante ginásio - afirmou.

O pensamento é sempre no futuro. O prefeito afirmou que, após o término da coletiva de apresentação do Jogo das Estrelas, iria para a inauguração de um novo espaço para a prática de esportes na cidade.

- Temos mais de onze mil crianças na cidade fazendo esportes. Às 17h, vamos estrear o primeiro centro infanto-juvenil para 1800 crianças poderem praticar esporte de forma gratuita - colocou.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade