3 eventos ao vivo

Pool da Copa: 'Luis Enrique é a melhor opção para a Espanha'

Josep Artells, do Mundo Deportivo, explica porque Luis Enrique deve ser o próximo treinador da seleção espanhola

3 jul 2018
10h58
atualizado às 12h25
  • separator
  • 0
  • comentários

Luis Enrique tem o perfil de um potencial treinador ao ver seu currículo como jogador do Real Madrid e do FC Barcelona e do seu magnífico registro como treinador no Camp Nou. Se Rubiales quer profissionalismo, seriedade e reativar uma seleção que foi longe com o tiki taka, em Lucho tem uma opção imbatível. Mas Rubiales sente o chão tremer sob seus pés.

(Foto: Lluis Gene / AFP)
(Foto: Lluis Gene / AFP)
Foto: Lance!

O plano de mídia de Florentino Perez fez o presidente da Federação Espanhola ser um dos identificados como culpado do desastre russo e agora está se preparando para levantar um circo estrondoso para influenciar a substituição de Hierro. O triste Hierro nunca esteve tão longe da glória com uma desgastada e prejudicada seleção de minutos, mas suas decisões ajudaram na eliminação.

O elenco de aspirantes para substituir Hierro é o de amigos, conhecidos, clássicos e técnicos negligentes. Madridistas como Michel e Guti, o único Paco Jémez e Quique Sánchez Flores. Também Quique Setién, com bom gosto em suas equipes, mas tem um contrato com o Betis e Rubiales não quer repetir o que Florentino fez com ele pelas costas.

Luis Enrique veio para o Barça para resgatá-lo de uma situação semelhante à que sofreu agora por La Roja (saturação, posse estéril, vícios de estilo ...) e conseguiu reativar uma equipe que havia rejeitado a "mudança" com Martino. Lucho já deixou bem claro em seu primeiro ano que não fechou as portas da seleção. Ele não hesitou, pelo contrário, ele apontou que La Roja estava chamando ele e que ele estava disposto a assumir o desafio um dia.

Lucho chegou a um Barca falho, sem objetivo, atacando em estática. Embora o espanhol tivesse problemas no vestiário, até com Messi, o argentino acabou reconhecendo sua competitividade, conquistaram um triplete, um 'duplete' e uma Champions em três anos. Com ele, a equipe correu novamente, retornou a pressão e incluiu os contras como uma variante.

O público recebeu bem a aposta e o adorou por sua determinação, a imprensa não tanto. La Roja está nesse ponto. Recupere o tom ou retorne à caverna. Mas não será fácil para Luis Enrique ser escolhido. Seu nome causa pânico e na mídia radical da capital ele é tratado com hostilidade. Rubiales deve decidir por um técnico contrastado, que existe, mas ele não deve permitir que a corrente decida por ele.

* O Pool da Copa é a união de grandes veículos de comunicação do mundo para um esforço de troca de informações. O objetivo é manter seus leitores por dentro do que acontece com as seleções de outros países, porém, com uma visão local.
Lance e Mundo Deportivo são parceiros no Pool da Copa

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade