0

Pogba não vê França como favorita e fala sobre plano 'anti-Modric'

Volante francês afirmou que a Croácia tem outros ótimos jogadores e a equipe não pode se preocupar apenas com um deles

12 jul 2018
12h06
  • separator
  • comentários

Muita gente vem colocando a França como grande favorita ao título da Copa do Mundo da Rússia. Porém, os jogadores colocaram um freio nessa questão. Em entrevista coletiva na base da seleção, em Istra, o volante Paul Pogba afirmou que o jogo será equilibrado e analisou os cenários para a decisão em Moscou, no próximo domingo.

Pogba, durante entrevista coletiva (Foto: FRANCK FIFE / AFP)
Pogba, durante entrevista coletiva (Foto: FRANCK FIFE / AFP)
Foto: LANCE!

- Nós não pensamos sobre isso. Os croatas jogaram um jogo muito difícil contra a Inglaterra, eles não desistiram. Eles perdiam por 1 a 0 e viraram. Existem duas equipes e um título. Eles jogaram 90 minutos a mais (três prorrogações), não sei se é uma desvantagem para eles ou se querem mostrar que querem ganhar ainda mais. Para mim, não somos favoritos. Não nos esquecemos das dúvidas sobre nós no início da competição, sobre a nossa capacidade de jogar juntos. Nós não fizemos nada ainda. Queremos ir buscar alguma coisa, vamos fazer tudo para isso - afirmou o jogador do Manchester United.

O grande nome da Croácia é Luka Modric, jogador do Real Madrid. Para o confronto, Pogba afirmou não haver nenhum plano especial para parar o volante e exaltou a qualidade dos croatas. Depois de ganhar folga na quarta-feira, a França volta a treinar na tarde desta quinta.

- Não é apenas Modric, há também Rakitic, Perisic e até os defensores que são conhecidos na Croácia. Eu não acho que haverá um plano para o Modric. Haverá um para todos. Nós assistimos a partida ontem, agora vamos analisar tudo isso e garantir que os croatas não encontrem sua melhor forma para que possamos bloquear os melhores jogadores. É o nosso plano de ataque, é tudo. O mais importante é vencer - completou.

SORTE

- Sorte, você cria. Tudo pode acontecer, não sabemos. Uma penalidade no segundo minuto por exemplo. Mas não pense que a sorte terá um grande papel neste jogo. A melhor equipe será a mais determinada. O jogo será decidido pelos detalhes.

ESPÍRITO DE REVANCHE DA CROÁCIA POR 1998

- Os croatas não título e eles querem ganhar agora. Eles fizeram uma campanha muito boa e querem a vitória, como nós. Mas eu também não tenho um título. A estrela está na camisa, mas eu não ganhei isso. Queremos buscá-la, como todos os jogadores. Será uma final da Copa do Mundo, uma grande partida, difícil.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade