1 evento ao vivo

Peres defende Sampaoli e explica situação do Santos no mercado

Como é costume, presidente demonstrou apoio ao técnico mesmo após goleada. Além disso, falou sobre a chance de reforços e liberação de Rodrygo para o Torneio de Toulon

18 mai 2019
22h38
atualizado às 23h11
  • separator
  • 1
  • comentários

José Carlos Peres é um personagem raiz do futebol nacional. Torcedor que se orgulha de ter visto o Santos de Pelé, é um personagem que não foge de polêmicas e costuma falar após as derrotas do Peixe. Essa noite não foi diferente. O presidente santista destacou todo apoio para o técnico Jorge Sampaoli após a goleada para o Palmeiras:

Peres não fugiu das perguntas após derrota (Foto: Gabriela Brino / Lance)
Peres não fugiu das perguntas após derrota (Foto: Gabriela Brino / Lance)
Foto: Lance!

- Ele tem total respaldo. A gente contratou um técnico ousado, que veio propor um jogo aberto. Quando você propõe um jogo aberto você acaba sofrendo alguns gols. O Santos de 62 era assim: uma máquina de fazer gols e ganhava de 5 a 4. Hoje no futebol não está muito fácil de fazer os gols, mas o time sofreu o gol muito cedo e dificultou um pouco.
Além do técnico, reforços foram pauta na entrevista do mandatário. Sempre questionado sobre a contratação de um camisa 9, Peres explicou a situação do clube no mercado:

- Vamos continuar reforçando o elenco. Estamos fazendo um sacrifício, mesmo sem grande orçamento e receitas. Nossa maior receita é vender jogador.

Um jogador que já está vendido é Rodrygo. Vivendo seus últimos momentos com a camisa do Santos, o jogador, que defenderá o Real Madrid, foi convocado para o Torneio de Toulon para representar a seleção olímpica, mas segundo Peres, ele vai "bater o pé" para obter a liberação do jogador.

Lance!
  • separator
  • 1
  • comentários
publicidade