2 eventos ao vivo

Peixe tem quatro desfalques e duas dúvidas para o duelo com o Palmeiras

Soteldo, Derlis González e Felipe Jonatan estarão com suas seleções, enquanto Evandro foi expulso contra o Vasco; Luiz Felipe e Carlos Sánchez se recuperam de lesão

5 out 2019
20h54
atualizado às 23h15
  • separator
  • 0
  • comentários

Assim que venceu o Vasco, por 1 a 0, na tarde deste sábado, e encerrou o tabu de 15 anos sem vencer o Vasco em São Januário — a última vez havia sido em 2005, por 3 a 1, —, o Santos logo tomou o rumo de casa e o técnico Jorge Sampaoli sequer concedeu entrevista coletiva. O treinador argentino, que se pronunciou através de um vídeo divulgado pelo clube, já está de olho no duelo direto pela vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com o Palmeiras, quarta-feira, na Vila Belmiro. Para o clássico, o Peixe poderá ter até seis desfalques.

Jorge Sampaoli esteve bastante agitado na beira do campo de São Januário - Ivan Storti/Santos FC
Jorge Sampaoli esteve bastante agitado na beira do campo de São Januário - Ivan Storti/Santos FC
Foto: Lance!

Quatro estão confirmados. Enquanto isso, o zagueiro Lucas Veríssimo voltará à equipe após cumprir suspensão pelo cartão vermelho recebido durante a vitória sobre o CSA (2 a 0).

Confira e simule a tabela do Brasileirão Além do meia Evandro, expulso, o meia venezuelano Soteldo e o atacante paraguaio Derlis González - este ainda com lesão na coxa direita - estarão com suas respectivas seleções nesta data-Fifa, e o lateral-esquerdo Felipe Jonatan servirá à Seleção Olímpica do Brasil. Já o zagueiro Luiz Felipe trata-se de uma torção no tornozelo esquerdo, e o meia uruguaio Carlos Sánchez está com uma lesão na coxa direita. Sampaoli ainda não sabe se poderá contar com esses dois.

- Temos que buscar o jogo. Temos ausências pela seleção, mas estou convencido de que o nosso time vai brigar pelo título. Como com Grêmio e Flamengo. Vila certamente será um caldeirão e que a torcida nos ajude a fazer um grande jogo - disse o treinador.

Ele também falou sobre o atacante Tailson. A promessa, de 20 anos, foi titular no Rio e marcou o gol da vitória do Santos.

- Fico feliz. É um garoto que esteve parado seis ou sete meses. Começou a ser levado em consideração, aproveitou a oportunidade. Tem muito a aproveitar no futuro. Hoje nos deu o gol dos três pontos - afirmou Sampaoli.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade