0

Paraná goleia o Santa Cruz na Vila Capanema

Gols paranistas foram marcados por Alemão, Minho, Iago Maidana e Renatinho

29 jul 2017
18h23
  • separator
  • comentários

Um atropelo. Assim pode ser definido a vitória do Paraná sobre o Santa Cruz, na tarde deste sábado, na Vila Capanema. O time paranaense jogou bem e garantiu a vitória com um 4 a 0. Os gols paranistas foram marcados por Alemão, Minho, Iago Maidana e Renatinho.

O jogo começou com os dois times se estudando. O Paraná começou marcando a saída de bola do Santa Cruz, que era cauteloso para não errar. Aos poucos, o clube pernambucano foi se soltando e levou perigo aos oito, com André Luís, que bateu pela linha de fundo.

E logo na primeira chegada paranista o time do técnico Lisca foi fatal. Leandro Vilela observou Robson com muito espaço pelo lado direito e o acionou, o atacante levou a bola até a linha de fundo e tocou para trás, para Alemão, que empurrou para o fundo da rede. 1 a 0.

O gol deixou o jogo extremamente aberto. Pelo lado do Paraná, Igor aplicou um chapeu em um adversário e bateu cruzado, para a defesa do goleiro Júlio César. Já pelo Santa Cruz, Ricardo Bueno teve uma grande chance aos 26, mas mandou por cima da meta de Richard.

Já aos 27 o Paraná chegou ao segundo gol com Minho, que fez um verdadeiro golaço na Vila Capanema. Ele recebeu a bola fora da área, cortou o marcado e bateu com estilo, no ângulo do goleiro Júlio César. 2 a 0 Paraná.

Com 2 a 0 no placar, o Santa Cruz se atirou para cima do Paraná. Além de não conseguir levar perigo contra o goleiro Richard, o time pernambucano passou a dar muito espaço ao Tricolor, que era muito perigoso nos contra-ataques. No principal deles, Alemão quase ampliou, aos 41.

A vida do Santa Cruz ficou ainda pior no segundo tempo. Logo aos quatro minutos, após um cruzamento do lado direito do ataque, o zagueiro Iago Maidana cabeceou e fez o terceiro.

Já aos seis minutos, o zagueiro Jaime deu uma entrada violenta no atacante Minho, no meio de campo, e recebeu o cartão vermelho direto. Para piorar, no lance seguinte, o árbitro marcou um pênalti para o Paraná em um toque de mão do zagueiro Bruno Silva. Na cobrança da penalidade máxima, Renatinho bateu com muita categoria e ampliou. 4 a 0.

Mesmo com todas as dificuldades, o Santa Cruz seguiu lutando. A arma passou a ser a bola parada, principalmente com o zagueiro Anderson Salles. Aos 17, ele chegou a marcar, mas estava em posição irregular e o lance foi invalidado. Já aos 26, em cobrança de falta, o defensor acertou o travessão do goleiro Richard.

Enquanto isso, o Paraná não diminuiu o ímpeto ofensivo e seguiu em busca do quinto gol. As melhores chances caíram nos pés do atacante Robson, aos 28 e aos 36.

Mas o resultado final foi mesmo de 4 a 0 para o Paraná Clube, que chegou a marca de 24 pontos e voltou a encostar no G-4. Já o Santa Cruz encerrou uma série positiva de cinco rodadas sem perder.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade