0

Paquetá se emociona ao marcar pelo Milan logo após tragédia no Ninho

Brasileiro faz um dos gols, o primeiro com a camisa rossonera, da vitória sobre o Cagliari e homenageia as vítimas do incêndio no CT do Flamengo, onde cresceu

10 fev 2019
20h14
  • separator
  • 0
  • comentários

Quis o destino que o primeiro gol de Paquetá com a camisa do Milan saísse justamente logo após a maior tragédia da história do Flamengo, clube que o revelou para o futebol. Neste domingo, dois dias depois do incêndio que vitimou dez jovens atletas no Ninho do Urubu, o brasileiro foi destaque na vitória de sua equipe sobre o Cagliari por 3 a 0, pela 23ª rodada do Campeonato Italiano. E se emocionou bastante.- É muito duro, ainda mais para um flamenguista como eu, falar sobre isso. Nem acreditei quando soube. Eram meninos que, como eu, estavam ali atrás de um sonho, no mesmo local que me ajudou a formar como atleta e como homem. Vivi muitas histórias bonitas no Ninho, que era minha segunda casa, com vários garotos como eles. Dedico esse gol aos dez que se foram, aos outros 16 que se salvaram e a cada família - disse Paquetá.

Ao pegar de primeira um cruzamento da direita e balançar a rede com rara categoria, aos 22 minutos do primeiro tempo, Paquetá fez uma bonita homenagem, dedicando seu gol às vítimas e suas respectivas famílias. Retirou de seu braço esquerdo uma faixa preta que ele e todos os jogadores do Milan carregavam em sinal de luto, beijou-a e apontou-a para o céu, sendo abraçado pelos companheiros.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade