0

Palmeiras vence Ponte e se classifica com 2ª melhor campanha

Palmeiras bateu a Ponte Preta por 1 a 0, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista

20 mar 2019
23h41
atualizado às 23h48
  • separator
  • 0
  • comentários

Em um jogo de qualidade técnica baixa, o Palmeiras venceu a Ponte Preta por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Allianz Parque, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. Raphael Veiga, que entrou no segundo tempo, fez o único gol do jogo, após cruzamento de Felipe Pires. Os dois times cometeram muitos erros e tiveram poucas oportunidades claras de marcar. Felipão rodou o elenco e pode observar dois jovens da base: o zagueiro Vitão e o atacante Léo Passos. Pela o clube de Campinas, o destaque foi o atacante Thales.

Palmeiras se classificou para a fase de mata-mata em primeiro lugar do Grupo (Foto: Divulgação Palmeiras)
Palmeiras se classificou para a fase de mata-mata em primeiro lugar do Grupo (Foto: Divulgação Palmeiras)
Foto: Lance!

Com o resultado, o Palmeiras se classifica para o mata-mata, na liderança do Grupo B, com 25 pontos e a segunda melhor campanha do Paulistão, atrás apenas do RB Brasil, que somou 27 pontos. A Ponte Preta está eliminada e terminou na terceira terceira colocação do grupo A, com 19 pontos.

Início de jogo com poucas chances

O início do jogo no Allianz Parque teve poucas chances claras de gol para ambos os lados. A Ponte Preta se defendia e esperava um erro do Palmeiras para tentar os contra-ataques. Já o Verdão, apostava na velocidade de Carlos Eduardo e Felipe Pires e no toque de bola de Lucas Lima e Zé Rafael, mas não conseguia furar a retranca da Macaca. As duas equipes erravam muitos passes e tinham dificuldades de criação.

Thales assusta no fim da primeira etapa

Apesar da maior posse de bola do time de Felipão, quem ficou mais próximo de marcar na primeira etapa foi foi a Ponte, com Thales. O atacante cobrou falta com perigo aos 36 minutos e a bola passou raspando o canto direito de Prass. Quatro minutos depois, o camisa 9 voltou a assustar com um chute de primeira, quando Edu Dracena afastou mal cruzamento. O jogo, no entanto, manteve o panorama de qualidade técnica baixa, muitos erros e pouco trabalho para os goleiros. Carlos Eduardo, que havia feito um bom jogo no clássico contra o São Paulo e teve nova oportunidade como titular, se machucou e deu lugar a Léo Passos. O jovem de 20 anos fez a sua estreia como profissional do Palmeiras.

Faltou pontaria

Na volta do intervalo, a Ponte voltou a ser a equipe mais perigosa, mas esbarrou na falta de pontaria de Reginaldo, Matheus Oliveira e Thales. Este último finalizou três vezes de forma afobada, mandando a bola para longe da meta de Prass. As jogadas da Macaca nasciam de erros de passes do Palmeiras. Já classificado, o Verdão apenas buscava rodar a bola e abusava dos lançamentos longos como recurso ofensivo.

Vitão deixa boa impressão

Na primeira partida como profissional, o zagueiro Vitão, de apenas 19 anos e vindo da base palmeirense superou o nervosismo inicial e deixou boa impressão. Com personalidade, mostrou qualidade técnica, fez alguns lançamentos precisos e deu botes certeiros para anular os contra-ataques da Ponte.

Raphael Veiga entra bem

Com o time de Jorginho muito fechado e rápido nos contra-ataques, Felipão tirou Vitão, colocou o meia Raphael Veiga e deslocou Thiago Santos para a zaga. E o jogador aproveitou a oportunidade. O camisa 23 entrou com vontade, ganhou no mano a mano nas jogadas individuais, tentou dribles e cruzamentos, com muita movimentação. A boa atuação foi premiada com o primeiro gol na temporada. Felipe Pires, que subiu de produção na segunda etapa, depois de um primeiro tempo apagado, fez um cruzamento na medida da direita para Veiga cabecear na trave e aproveitar o rebote. Daí até o apito final, o Verdão só administrou a vantagem para confirmar a classificação em primeiro do Grupo B.
FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 x 0 PONTE PRETA

Estádio: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 20-03-19 - às 21h30
Público / Renda: 23.019 pessoas/ Renda: R$ 1.245.283,05
Árbitro: Márcio Henrique de Gois (SP) Nota L!: 6,5 Conduziu bem a partida sem lances polêmicos e acertou na aplicação dos cartões amarelos.
Assistentes: Eduardo Vequi Marciano (SP) e Risser Iarussi Corrêa (SP)
Cartão amarelo: Jean, Felipe Pires (PAL); Nathan, Diego Renan (PON)
Gol: Raphael Veiga (1-0, 35'/2ºT)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Marcos Rocha, Edu Dracena, Vitão (Raphael Veiga, 25'/2ºT) e Diego Barbosa; Jean e Thiago Santos; Felipe Pires, Lucas Lima e Zé Rafael (Esteves, 43'/2ºT); Carlos Eduardo (Léo Passos, 36'/1ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari

PONTE PRETA: Ivan, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; Nathan (Vinicius, 44'/2ºT), Gerson Magrão e Tiago Real (Igor Henrique, 27'/2ºT); Matheus Oliveira (Juninho, 34'/2ºT), Júlio César e Thalles. Técnico: Jorginho

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade