5 eventos ao vivo
Logo do Palmeiras
Foto: terra

Palmeiras

Palmeiras resolve detalhes finais e vende Vitor Hugo

Clube italiano pagará 8 milhões de euros (R$ 30 milhões) pelo zagueiro, que já não treina com o elenco do Verdão. Clube ficou com 4,5 milhões de euros (quase R$ 17 milhões)

18 mai 2017
13h56
atualizado às 14h57
  • separator
  • comentários

O Palmeiras concluiu nesta quinta-feira a venda do zagueiro Vitor Hugo, de 25 anos, para a Fiorentina. As partes anunciarão o acordo em breve. Os italianos vão pagar 8 milhões de euros (R$ 30 milhões) por 100% dos direitos econômicos do atleta.

A negociação já estava apalavrada há algum tempo. O LANCE! mostrou no dia 4 de maio que o acordo estava próximo. Alexandre Mattos foi quem esteve à frente nas tratativas.

Vitor Hugo deixa o Palmeiras com dois títulos no currículo (Foto: Agência Palmeiras)
Vitor Hugo deixa o Palmeiras com dois títulos no currículo (Foto: Agência Palmeiras)
Foto: LANCE!

O Palmeiras dividia os direitos de Vitor Hugo com a Tombense-MG - 50% para cada um -, mas um acordo entre as partes fará com que o Verdão fique com a maior parte do dinheiro da venda: cerca de 4,5 milhões de euros (R$ 17 milhões).

Desse montante, 3 milhões de euros (R$ 11,2 milhões na cotação do dia) serão utilizados na compra do zagueiro Juninho, do Coritiba, que chega para suprir a lacuna deixada pela saída do camisa 4.

O Palmeiras não pagou nada para comprar Vitor Hugo. Ele chegou por empréstimo no início de 2015 e, no mesmo ano, foi comprado com dinheiro da Crefisa por 1,5 milhão de euros. A patrocinadora tinha direito a receber exatamente esta quantia agora que ele foi vendido, mas autorizou o clube a usar o valor na compra de Juninho e só receberá quando este for negociado.

Vitor Hugo não jogará mais pelo Palmeiras. Desde o fim da semana passada, ele tem ido à Academia de Futebol apenas para fazer trabalhos físicos, sem treinar no gramado. Ele se despede do clube com 131 jogos, 13 gols e dois títulos como titular: Copa do Brasil de 2015 e Brasileirão de 2016.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade