1 evento ao vivo

Palmeiras já decidiu nove pontos nos acréscimos neste Brasileirão

Entre vitórias conquistadas ou empates cedidos, o Verdão já teve sua pontuação influenciada em diversas ocasiões após os 45' do segundo tempo no torneio nacional

22 set 2020
08h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
O jogador Ferreira fez o gol que impediu a vitória do Alviverde em Porto Alegre (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
O jogador Ferreira fez o gol que impediu a vitória do Alviverde em Porto Alegre (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Foto: Lance!

Os acréscimos dos jogos do Palmeiras no Campeonato Brasileiro de 2020 são, geralmente, carregados de emoção. Não foi diferente no duelo do último domingo (20), contra o Grêmio, dado que o gol de empate da equipe gaúcha veio aos 47 minutos do segundo tempo.

Esta não foi a primeira nem a segunda vez que o resultado foi sacramentado após o tempo regulamentar. O Verdão já decidiu nove pontos após os 45 minutos da segunda etapa nesta edição do Brasileirão.

Até agora, o retrospecto 'na bacia das almas' é favorável para o lado alviverde: foram cinco pontos conquistados diante de Athletico Paranaense, Internacional e Red Bull Bragantino nos acréscimos, contra quatro pontos perdidos para Bahia e Grêmio.

Luiz Adriano perdeu o duelo no alto e viu o Palmeiras sofrer o empate no sul (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
Luiz Adriano perdeu o duelo no alto e viu o Palmeiras sofrer o empate no sul (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
Foto: Lance!

A conta é a seguinte: contra Athletico e Red Bull, o Palmeiras estava empatando (ou seja, somando apenas um ponto em cada partida), mas garantiu a vitória no fim, adquirindo, portanto, dois pontos adicionais em ambos os jogos. Contra o Inter, estava perdendo e arrancou um empate aos 49' do segundo tempo, acumulando um ponto a mais na tabela.

O critério é o mesmo nos casos negativos, em que o time estava vencendo Bahia e Grêmio (garantindo três pontos de cada adversário), contudo, sofreu gols que levaram à igualdade do placar nos acréscimos, perdendo dois pontos nos dois respectivos encontros.

O 'copo meio cheio' e o 'copo meio vazio' de o Palmeiras decidir jogos nos acréscimos

Tal estatística evidencia que a equipe de Vanderlei Luxemburgo joga sempre 'no limite', deixando os confrontos em aberto até o apito final. O 'copo meio cheio' é que o time geralmente sai à frente do placar e, quando está atrás, busca o resultado até o fim. Por outro lado, o 'copo meio vazio' é que o Verdão muitas vezes não consegue segurar a vantagem no marcador e perde pontos importantes por isso.

Veja também:

Editor do L! analisa os destaques e decepções do primeiro turno do Brasileiro
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade