3 eventos ao vivo
Logo do Palmeiras
Foto: terra

Palmeiras

Palmeiras garante melhor campanha geral da Libertadores

Técnico lembrou que Verdão chegou a este resultado usando uma equipe bastante mudada e que fez um segundo 'muito bom' contra o Junior Barranquilla, nesta quarta-feira

17 mai 2018
01h18
atualizado às 07h55
  • separator
  • comentários

O Palmeiras garantiu a melhor campanha da fase de grupos da Libertadores e com isso decidirá em casa todos os mata-matas que disputar no restante da competição. Após a vitória sobre o Junior Barranquilla (COL), nessa quarta, Roger Machado dividiu os méritos com o elenco, já que seis dos 16 pontos conquistados (em 18 possíveis) vieram de triunfos com times mistos, como esse último, no Allianz Parque.

- Eu frisei, não só na questão dos goleiros, mas no time que entrou hoje e contra o Alianza, é que nesta fase alguns jogadores nos deram a classificação no jogo contra o Boca, mas foi contra o Alianza, com time modificado que conseguimos o primeiro lugar no grupo, e agora que conseguimos o primeiro lugar geral - exaltou o comandante, antes de analisar a atuação no 3 a 1.

- Ficamos amarrados pelo adversário no primeiro tempo, sem criar espaços na defesa adversário e facilitamos o processo de marcação. Os times que vêm jogar aqui na nossa casa acabam fechando bastante a zona central, porque usamos muito ali. Corrigimos o posicionamento no segundo tempo, abrimos mais a defesa adversária e com naturalidade abrimos o placar, teve o pênalti defendido pelo Fernando, logo depois o Miguel teve outra oportunidade. Foi um primeiro tempo razoável e um segundo tempo muito bom - acrescentou.

Jogadores como Fernando Prass, Guerra e Borja receberam elogios do treinador. No caso dos dois primeiros, esta foi a chance para que readquirissem ritmo, e para o venezuelano até se credenciar novamente à entrada no time titular; no caso do centroavante, Roger, que chegou a cogitar poupá-lo e escalar Hyoran, preferiu usar o centroavante e aproveitar ao máximo antes de se apresentar à seleção colombiana. Deu resultado.

- Todo atleta que atua bem e contribui para a vitória sempre coloca um ponto de interrogação para o treinador, mas o melhor é dar a certeza para o treinador que você pode contar a qualquer momento - pontuou.

O resultado do Verdão acabou ajudando o Boca Juniors (ARG) a se classificar para a próxima fase. Reencontrar a equipe argentina no mata-mata não é algo que tira o sono do comandante alviverde.

- Ter a vantagem de disputar em casa com nosso torcedor é sempre relevante. Se a gente poderia brigar por isso, não poderíamos abrir mão, mesmo que pudesse beneficiar um adversário forte. Na Libertadores estão passando equipes tradicionais e a competição cresce. Mas o risco de bater com estas equipes faz parte. Será uma competição disputada e com equipes tradicionais - completou.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade