1 evento ao vivo

Pablo lembra de 2016 e confia que São Paulo irá longe na Libertadores

Atacante lembra do ano em que o Tricolor precisou encarar a fase preliminar da Libertadores e chegou à semifinal da competição. Defensa y Justicia e Colón? 'Está esquecido'

4 fev 2019
11h14
  • separator
  • 0
  • comentários

Pablo citou a Libertadores de 2016 como inspiração para o São Paulo em 2019. Naquele ano, o Tricolor de Edgardo Bauza precisou superar a fase preliminar da competição - eliminou o César Vallejo (PER) - e conseguiu chegar à semifinal, quando caiu diante do campeão Atlético Nacional (COL).

- O São Paulo tem muita tradição na Libertadores, é um clube muito respeitado. Entrando nessa fase, emocionalmente falando, temos que lembrar de 2016, quando o São Paulo entrou na mesma situação e chegou na semifinal. Isso nos possibilita sonhar com coisas grandes - disse o camisa 12, em entrevista coletiva no CT da Barra Funda.Neste ano, o São Paulo precisará superar dois mata-matas para chegar à fase de grupos. O primeiro será contra o Talleres (ARG) e começa na quarta-feira, às 21h30, em Córdoba, com o jogo de volta no dia 13, no Morumbi. Se avançar, o time ainda pega o vencedor do confronto entre Independiente Medellín (COL) e Palestino (CHI).

Esta é a 19ª participação do Tricolor na Libertadores. Antes de 2016, o clube já havia encarado a fase prévia em 2013, quando eliminou o Bolívar (BOL) e acabou derrotado nas oitavas de final pelo Atlético-MG.

- Quando você entra para jogar um jogo de Libertadores pelo São Paulo já tem pressão. Por tudo o que o clube já conquistou, por toda a história que tem. Temos que nos preocupar com a gente, com a nossa forma de jogar. Claro que temos que estar atentos ao Talleres, como estaremos, porque a gente sabe como é o futebol argentino, com muita catimba e jogo pegado - emendou Pablo.

O São Paulo sofreu recentemente contra dois argentinos sem muita tradição. Foi eliminado da Copa Sul-Americana pelo Defensa y Justicia, em 2017, e pelo Colón, em 2018.

- Isso está esquecido. Na verdade, você pensa no futuro. O passado serve para tirar lições, o clube tira lições das eliminações, mas a gente pensa no futuro, no Talleres, nas dificuldades que enfrentaremos.

Veja outros trechos da entrevista de Pablo:

HERNANES
Dispensa comentários. Veio para fazer a diferença. Fez a diferença ontem, é líder, de grupo, parceiro. Vai nos ajudar muito durante o ano.

O TIME CHEGA NO NÍVEL IDEAL?

No ideal você nunca está, você sempre tem que evoluir. Eu penso assim. Você sempre tem que estar conquistando alguma coisa no dia a dia, nos treinamentos, aprendendo... A gente chega muito preparado, consciente de que é um jogo de 180 minutos, nada será resolvido no primeiro jogo. Preparados para o desafio nós estamos.

EXPERIÊNCIA NA SUL-AMERICANA

Tento trazer um pouco do que aprendi no ano passado para a equipe, mas temos que lembrar que quando falamos de Libertadores e São Paulo é algo diferente, algo que motiva mais a estar em campo.

ELIMINAÇÕES PARA ARGENTINOS

Claro que o clube tira lições. Mas são jogos, competições totalmente distintos, anos diferentes. Óbvio que temos que estar muito atentos à forma como os argentinos jogam, mas cada jogo é uma história. Temos que fazer a nossa história, e a nossa história, se Deus quiser, vai ser vencer os dois jogos.

PEDIDO DO AVÔ SÃO-PAULINO

Passar de fase, vencer o jogo. Falei com ele faz dois dias. É torcedor, gosta de futebol e falou que é um jogo importante, que a gente precisa passar.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade