3 eventos ao vivo

Orlando Rollo pede afastamento da vice-presidência do Santos

Divergido politicamente com José Carlos Peres, dirigente santista diz que não quer prejudicar o Peixe. Decisão é do presidente do Conselho Deliberativo, Marcelo Teixeira

28 jan 2019
17h34
atualizado às 17h43
  • separator
  • 5
  • comentários

Orlando Rollo pediu afastamento da vice-presidência do Santos nesta segunda-feira. Divergido politicamente com José Carlos Peres, o dirigente do Peixe não tem participado das últimas reuniões do Comitê Gestor. A decisão final é do presidente do Conselho Deliberativo, Marcelo Teixeira.

Orlando Rollo protocolou pedido de licença da vice-presidência do Santos (Ivan Storti/Santos FC)
Orlando Rollo protocolou pedido de licença da vice-presidência do Santos (Ivan Storti/Santos FC)
Foto: Lance!

Mais do que isso, também não tem opinado sobre as últimas decisões do clube, como a chegada e a saída de reforços. Vale lembrar que, após o veto do Impeachment, em setembro, Peres tirou as portarias de segurança, esportes olímpicos e futebol feminino de Rollo.

- Pedi meu afastamento por jamais querer prejudicar o Santos. Não tenho apego ao poder. Estou afastado das decisões, muitas das quais não concordo e quero deixar claro meu posicionamento. Fui eleito pelo sócio para exercer a plenitude do cargo e isso me foi retirado. Agora passo ao Conselho que vai tomar a devidas providencias, inclusive esclarecendo qual o período que posso me manter afastado - disse Orlando Rollo.

Peres entendia que a situação estava insustentável. Ele, ao 'BandSports', pediu publicamente para Rollo se afastar do Santos. O vice-presidente, por sua vez, ao LANCE!, deu 0,5 para a gestão. O Estatuto Social do Peixe não prevê o tempo de licença que pode ficar afastado do seu cargo.

Lance!
  • separator
  • 5
  • comentários
publicidade