2 eventos ao vivo

Odair Hellmann evita falar sobre erro da arbitragem

Treinador fugiu do tema na coletiva de imprensa e preferiu analisar a sua equipe no Mineirão

6 out 2019
00h56
  • separator
  • 0
  • comentários

Quando uma equipe é prejudicada pela arbitragem, jogadores, diretoria e principalmente os técnicos concedem entrevistas coletivas quentes e repletas de polêmicas, mas não foi o que aconteceu com Odair Hellmann, do Internacional, que evitou falar sobre o lance de pênalti contra a sua equipe no Mineirão.'Com todo respeito, toda educação e pouquinho de inteligência que eu tenho. Vou falar apenas de futebol', afirmou.

Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional
Foto: Lance!

Sobre a partida, o comandante viu a sua equipe melhor nos primeiros 30 minutos de partida e lamentou a pancada que Paolo Guerrero sofreu do adversário, pois interferiu no rendimento do time.

'Se você prestar atenção, até 30 minutos do primeiro tempo tínhamos todo controle do jogo. Fizemos o gol, criamos mais situações e com posse no campo deles. Aí o Guerrero levou pancada no joelho, inchou e o Nonato foi perdendo essa velocidade. O Nonato se superou, mas o Guerrero saiu do jogo a partir dos 30. Ele saiu, voltou e continuou mancando. Aquela transição não estávamos mais conseguindo e falei com o Guerrero no intervalo. Perguntei se ele tinha dificuldade e disse que precisávamos segurar a bola para fazer a transição. Acho que conseguimos melhorar no segundo tempo. Saiu o gol de pênalti. Foi 50 a 50 a posse e nem sei se não finalizamos mais que eles. A gente fez um grande jogo, merecíamos a vitória, mas não fizemos. Não fizemos o 2 a 0 e aí, numa situação de… de um dos poucos ataques que o Cruzeiro conseguiu, uma bola espirrada, eles fizeram o empate. Mas se era para ter um vencedor hoje, seria nós', analisou Odair.

Com 38 pontos conquistados, o Internacional dorme na sexta colocação. O rival da próxima rodada é o CSA, no estádio Rei Pelé.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade