1 evento ao vivo

Números do São Paulo são parecidos com anos anteriores, mas atuações convencem mais o torcedor

Aproveitamento do Tricolor nos primeiros 12 jogos oficiais deste ano são quase iguais aos do mesmo período nas últimas três temporadas. No campo, porém, desempenho é melhor

28 mar 2020
08h05
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Foram apenas 12 jogos oficiais do São Paulo neste início de temporada até a paralisação das competições por conta da pandemia de coronavírus. No entanto, o recorte que se faz é de uma torcida satisfeita com o que tem visto dentro de campo, embora o aproveitamento não seja um dos melhores do Brasil em 2020. Os números, aliás, são muito parecidos com o do mesmo período em anos anteriores, mas as atuações convencem bem mais.

São Paulo tem feito jogos que empolgam o torcedor na temporada 2020 (Foto: Paulo Pinto/saopaulofc.net)
São Paulo tem feito jogos que empolgam o torcedor na temporada 2020 (Foto: Paulo Pinto/saopaulofc.net)
Foto: Lance!

O retrospecto do Tricolor neste início de temporada é de seis vitórias, três empates e três derrotas, com aproveitamento de 58,33% dos pontos que disputou. Esses resultados foram prejudicados por seguidos erros de arbitragem em jogos que o time de Fernando Diniz jogou melhor, mas acabou ficando sem os três pontos. Além disso, o elenco passou por problemas de pontaria, embora criasse muitas chances claras de marcar gol.

Fato é que talvez os números não reflitam a realidade, talvez esse aproveitamento estivesse maior caso tudo tivesse ocorrido em condições normais. Exemplo disso é a comparação com anos anteriores, nos quais os números são quase iguais aos desta temporada, porém com futebol muito menos promissor e sempre com tendência a piorar, o que está bem longe de ser a impressão passada pelo que mostra a equipe de 2020.Em 2019, nos 12 primeiros jogos do ano, o retrospecto era exatamente igual ao desta temporada: seis vitórias, três empates e três derrotas (58,33% de aproveitamento). Nessa altura, André Jardine já havia sido demitido e Vagner Mancini passou a atuar de forma interina. O time, porém, não rendia e passava por dificuldades para classificar no Paulistão e já estava eliminado da Liberta.

Já em 2018, uma pequena diferença nos resultados após os mesmos 12 jogos: eram seis vitórias, dois empates e quatro derrotas (55,56% de aproveitamento), todos com Dorival Júnior, que com duas partidas mais acabou demitido do cargo. As impressões sobre o time não eram boas e a troca parecia iminente, ou seja, os números não eram espetaculares e as atuações refletiam isso.

Em 2017, outra vez um retrospecto igual ao de 2020 após 12 partidas: seis vitórias, três empates e três derrotas, todas sob o comando de Rogério Ceni, que embora fosse um ídolo do clube, dirigia uma equipe que oscilava demais dentro de campo. Ainda que a empolgação fosse grande por conta do status do treinador, naquela época já dava para imaginar que o trabalho não renderia frutos. O ex-goleiro acabou demitido no meio da temporada.

Como deu para ver, o cenário de 2020 é bem diferente apesar de números extremamente parecidos (até iguais). O estilo de jogo de Fernando Diniz tem cada vez mais admiradores entre torcedores do São Paulo, que identificam a evolução do time mesmo quando o resultado não vem, como aconteceu algumas vezes nesta temporada. Com a força das arquibancadas e os atletas respondendo em campo, a tendência é que o time renda muito mais neste ano.

- O São Paulo estava crescendo em todos os sentidos e os resultados começaram a vir, principalmente nesses últimos dois jogos, que foram muito bons. Contra a LDU, talvez o melhor jogo sob o meu comando, e uma vitória contra o Santos de virada, que a gente teve um domínio praticamente completo do jogo. Então era um momento muito bom, que a gente pegaria o River Plate, estava todo mundo ansioso e especialmente o torcedor, que é um fato muito claro que a torcida está cada vez mais aderindo ao jeito que o time joga, gostando daquilo que está vendo e os resultados começando a ser mais positivos. A tendência é que essa sinergia entre torcedor e time dentro do campo cresça cada vez mais - declarou Diniz em entrevista ao SporTV.

Essa boa fase, porém, não tem data definida para ser retomada, já que o clube suspendeu as atividades por tempo indeterminado, assim como as competições disputadas pelo Tricolor. Tudo por conta da pandemia de coronavírus, que afeta o Brasil e o mundo. Enquanto isso a comissão técnica orienta o elenco a praticar exercícios físicos em casa durante a quarenta.

Números do São Paulo nos 12 primeiros jogos oficiais das últimas temporadas:

2020 - 6 vitórias/3 empates/3 derrotas - 58,33% de aproveitamento
2019 - 6 vitórias/3 empates/3 derrotas - 58,33% de aproveitamento
2018 - 6 vitórias/2 empates/4 derrotas - 55,56% de aproveitamento
2017 - 6 vitórias/3 empates/3 derrotas - 58,33% de aproveitamento

Veja também:

DIÁRIO L! DA COPA DE 70: a repercussão da vitória da Seleção sobre os tchecos na estreia do mundial
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade