0
Logo do São Paulo
Foto: terra

São Paulo

Tropeço aumenta pressão para São Paulo contratar coordenador

Empate por 2 a 2 contra a Ponte Preta no último sábado manteve a equipe na zona do rebaixamento no Campeonato Brasileiro e as cornetas a pleno vapor. Diretoria criticada

11 set 2017
06h19
atualizado às 09h09
  • separator
  • comentários

O empate por 2 a 2 contra a Ponte Preta, resultado que o manteve na zona do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, esquentou ainda mais os bastidores do São Paulo. A pressão sobre a diretoria já é enorme, principalmente para a contratação de um coordenador técnico. A corrente a favor de um profissional com experiência no futebol para auxiliar o departamento é grande há tempos e aumentou ainda mais com o resultado inesperado.

Presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva convive com pressão pelos maus resultados (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Lancepress!)
Presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva convive com pressão pelos maus resultados (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Lancepress!)
Foto: LANCE!

Na próxima terça-feira, haverá um novo encontro do Conselho de Administração e o assunto deve ser pauta novamente. No órgão, há membros favoráveis, enquanto outros são cautelosos. Pressionado, o presidente Leco se mostra contrário, mas aliados acham que ele pode repensar caso o time continue afundado na crise.

O diretor executivo Vinicius Pinotti também recebe críticas no clube. Já há quem peça a cabeça do técnico Dorival Júnior, que ainda não conseguiu os resultados esperados em sua contratação. Após 11 jogos, mesmo números do antecessor Rogério Ceni, Dorival tem retrospecto ligeiramente melhor, mas sofreu quase o dobro de gols. Foram três vitórias, quatro empates e quatro derrotas, contra três vitórias, dois empates e seis derrotas de Ceni.

na onda da criação do cargo de coordenador, o nome de Muricy Ramalho é o que surge com mais força. Tido como principal responsável por livrar o time do rebaixamento em 2013, o ex-treinador atualmente é comentarista do canal SporTV e não te se mostrado disposto a assumir o cargo. Raí, membro do Conselho de Administração, é outro sugerido ao presidente Leco, mas não trabalha com essa possibilidade. O nome de Cafu, ex-lateral do clube, também já foi levantado.

O São Paulo terminou a rodada na 19ª colocação no Campeonato Brasileiro com 24 pontos. Bateu o recorde de permanência na zona da degola, com 11 rodadas, contra dez da campanha de 2013.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade