0

Novo Corinthians? Timão ataca, propõe o jogo e bate o Fortaleza

Treinado por Dyego Coelho, Alvinegro apresentou uma proposta completamente oposta de jogo contra o Fortaleza. Time corre riscos, mas consegue a vitória em Itaquera

6 nov 2019
22h16
  • separator
  • 0
  • comentários

Um Corinthians diferente daquele que o torcedor estava acostumado a assistir. Na noite desta quarta, contra o Fortaleza, o Timão foi comandado pela primeira vez pelo interino Dyego Coelho e teve uma postura agressiva - algo antes impensado na época de Fábio Carille. Embora não tenha conseguido demonstrar a solidez defensiva que caracterizou o clube em anos passados, o Alvinegro foi convincente, venceu, por 3 a 2, e voltou ao grupo de classificação para a Copa Libertadores do ano que vem.

Coelho elogiou muito os jogadores ao fim da partida (Rodrigo Gazzanel/RM SPORTS IMAGES/Lancepress!)
Coelho elogiou muito os jogadores ao fim da partida (Rodrigo Gazzanel/RM SPORTS IMAGES/Lancepress!)
Foto: Lance!

TABELA
>Confira a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

Com apenas dois dias de trabalho, e um deles sem a presença dos titulares no gramado, Dyego Coelho deu vida nova ao Corinthians. Não que a equipe tenha tido uma atuação de gala contra o Fortaleza de Rogério Ceni, mas o que se viu em campo agradou a torcida. O time propôs o jogo, marcou sob pressão, buscou espaços e conseguiu o resultado positivo na base da raça.

Escalado com Janderson, Pedrinho e Mateus Vital no meio de campo, o Corinthians conseguiu rodar a bola na frente da área do Fortaleza. O lateral Michel Macedo foi liberado para atuar quase como um ponta e, para compensar, Danilo Avelar ficou posicionado junto aos zagueiros, dando total liberdade para o veloz Janderson atacar pelo lado esquerdo.A tática do Corinthians deu certo. O elenco, antes acostumado a defender e adotar um estilo pragmático de jogo, mudou radicalmente de estilo. O Timão começou com uma linha alta, com todos os jogadores de linha no campo de defesa do Fortaleza. Ao perder a bola, dois ou três jogadores pressionavam o adversário para recuperar a redonda.

O time visitante saiu na frente em um rápido contra-ataque, mas o Corinthians logo empatou com Mauro Boselli. O Timão conseguiu a virada, mas sofreu o empate e conseguiu a vitória novamente com o centroavante argentino para o delírio da torcida, que aplaudiu de pé o hermano em sua saída de campo.

Ainda é cedo para fazer qualquer tipo de análise mais elaborada sobre o possível novo estilo de jogo do Corinthians, mas é inegável que houve mudanças positivas. A tendência é de que o Timão siga assim e volte a disputar uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade