PUBLICIDADE

Novidade na Colina: Vasco paga dois meses de salários atrasados a funcionários e colaboradores

Diretoria quita folhas salariais de fevereiro e março de seus colaboradores, e em virtude de um acordo, o mês de abril vence no dia 20. Por outro lado, caso dos jogadores é diferente

12 mai 2021 16h02
| atualizado às 16h38
ver comentários
Publicidade

O Vasco pagou dois meses de salários atrasados a seus funcionários, nesta quarta-feira. Os débitos quitados pela diretoria cruz-maltina são referentes aos meses de fevereiro e março. A informação foi inicialmente divulgada pelo site "Ge" e confirmada posteriormente, pelo LANCE!.

Jorge Salgado prometeu em sua posse colocar os salários do Vasco em dia (Rafael Ribeiro / Vasco)
Jorge Salgado prometeu em sua posse colocar os salários do Vasco em dia (Rafael Ribeiro / Vasco)
Foto: Lance!

Vale destacar que o mês de abril venceu no último dia 5 de maio, mas de acordo com o acordo verbal entre as partes, os vencimentos serão nos dias 20 de cada mês. Até então, o último pagamento foi feito no dia 6 de abril - nesta ocasião, o mês de fevereiro foi depositado.

Por outro lado, a situação dos jogadores é diferente. No dia 6 de abril, a direção do Vasco quitou algumas pendências com diferentes grupos de atletas. Alguns receberam o 13º de 2020, de dezembro e de janeiro, mas as folhas de fevereiro e março ainda estão em aberto. Por sua vez, outro grupo recebeu os valores referentes aos meses de fevereiro e março. No entanto, este grupo renegociou as dívidas referentes a 13º, dezembro e janeiro.

É válido lembrar que a dívida geral do Vasco com o grupo de atletas contemplava as folhas de dezembro, de janeiro e de fevereiro, além do 13º. No momento, há diferenças entre as situações de determinados atletas. Até o momento, o mês de abril ainda não foi pago pelo clube carioca.

Estes pagamentos fazem parte das promessas do presidente Jorge Salgado em sua posse no dia 25 de janeiro. Na ocasião, o mandatário afirmou que tentaria colocar os salários em dia do Cruz-Maltino entre março e abril. Nas últimas semanas, a direção divulgou o balanço financeiro (dívida de R$ 832 milhões) e do plano de 100 dias da gestão.

Lance!
Publicidade
Publicidade