0

No retorno ao Brasil, meia do Ceará está entre os atletas mais eficientes

Chico, meia brasileiro naturalizado sul-coreano, voltou ao Brasil para jogar pelo time cearense e já no início temporada vem mostrando números que justificam a contratação

7 fev 2019
12h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Anunciado como reforço do Ceará para 2019, o meia Chico já aparece na briga pela artilharia entre todos os jogadores que entraram em campo no começo desta temporada. O jogador brasileiro, mas que tem nacionalidade sul-coreana está entre os atletas mais eficientes dentro de campo.

Chico é brasileiro naturalizado sul-coreano e vem fazendo um bom início de temporada (Foto: Felipe Santos/Ceará)
Chico é brasileiro naturalizado sul-coreano e vem fazendo um bom início de temporada (Foto: Felipe Santos/Ceará)
Foto: Lance!

Em um levantamento que analisa a quantidade de gols marcados por cada jogador em relação ao tempo que permaneceram em campo até aqui, Chico está na sétima colocação do ranking.

O meia ficou em campo por 140 minutos em dois jogos e marcou duas vezes. Assim, em média Chico precisa de 70 minutos por jogo para balanças as redes para o Vozão.

- Fiquei muito feliz quando o Ceará me procurou para voltar. Me preparei pra chegar bem fisicamente e poder ajudar o time já nesse começo de temporada - comentou o jogador.

Chico, o brasileiro coreano

Francisco Hyun-sol Kim, o Chico, é filho de imigrantes coreanos nascido em Cascavel, no interior do Paraná. Naturalizado sul-coreano, o jogador herdou uma paixão em comum dos dois países: o futebol.

O meia estreou profissionalmente no futebol jogando pelo Atlético Sorocaba. Ainda passou por clubes como Tupi, XV de Piracicaba, Bragantino e Capivariano e CRB. Na Coréia do Sul defendeu o Seoul E-Land e o Pohang Steelers.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade