0

No primeiro mês com a camisa do Atlético-GO, Janderson engata sequência positiva

Jogador emprestado pelo Corinthians assegurou que se sente plenamente adaptado a sua nova casa

24 set 2020
14h36
atualizado às 14h37
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Recém-chegado ao Atlético-GO, o atacante Janderson já está caindo nas graças da torcida do Dragão. Contratado por empréstimo junto ao Corinthians em agosto, o jogador completou um mês de clube na última terça-feira (22) e já engatou uma sequência de seis jogos como titular.

Foto: Divulgação/C2 Sports
Foto: Divulgação/C2 Sports
Foto: Lance!

Neste período, o atleta se destacou nos principais quesitos e se transformou em uma arma do técnico Vagner Mancini no Campeonato Brasileiro.

- Estou muito feliz em completar um mês pelo Atlético-GO. Estou me sentindo em casa, adaptado aqui em Goiânia, à vontade com o grupo e trabalhando muito. Só tenho a agradecer ao clube pela oportunidade e a confiança que o técnico Vagner Mancini tem em mim. Quero seguir correspondendo e dando meu melhor para honrar essa camisa - disse o jogador.

Mesmo com menos tempo em campo em relação aos companheiros, Janderson já é o jogador com maior número de dribles. Foram 18 nos 332 minutos que esteve em campo, o que lhe garante uma média de três por jogo. O segundo no quesito é Everton Felipe, que tem 15 em dez partidas, uma média de 1,5 em cada duelo que participou. Com o mesmo número de atuações, Edson vem em terceiro com sete.

O camisa 7 do Atlético-GO também se destaca no ranking de passes decisivos. Até o momento foram oito, dado que o coloca em terceiro lugar no elenco na estatística, atrás somente de Chico e Ferrareis, que tem 14 cada, em mais jogos disputados (oito e nove respectivamente). Janderson é ainda o quarto jogador que mais acerta cruzamentos no time com cinco. Em média, ele é o terceiro no fundamento, com 0,8 acerto por jogo.

Atlético-GO tem mais aproveitamento com Janderson

Ter o jovem atacante em campo também significa mais aproveitamento no Campeonato Brasileiro. Nas seis partidas em que contou com o atleta no Brasileirão, o Atlético conquistou 44% dos pontos disputados (duas vitórias, dois empates e duas derrotas). Sem ele, o índice cai para 35% (somente um triunfo, uma igualdade e outros dois tropeços).

Na noite dessa quinta-feira (24), o clube volta suas atenções para outro torneio, a Copa do Brasil, onde a equipe recebe o Fluminense às 20h tendo perdido a partida de ida por 1 a 0.

Veja também:

Relembre goleadas marcantes na história do futebol
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade